PUBLICIDADE
Esportes

Galo empata em casa e dá adeus à Sul-Americana

O resultado do primeiro jogo, vitória por 1 a 0, foi o suficiente para o San Lorenzo se classificar na Copa Sul-Americana. Em novo duelo, na noite desta terça-feira, no Independência, o Galo forçou muito no ataque, mas o empate sem gols foi o resultado. No primeiro jogo, o San Lorenzo, com o time reserva, [?]

00:00 | 09/05/2018

O resultado do primeiro jogo, vitória por 1 a 0, foi o suficiente para o San Lorenzo se classificar na Copa Sul-Americana. Em novo duelo, na noite desta terça-feira, no Independência, o Galo forçou muito no ataque, mas o empate sem gols foi o resultado.

No primeiro jogo, o San Lorenzo, com o time reserva, venceu o Galo por 1 a 0. Desta vez, pelo menos para ir aos pênaltis, era preciso devolver o mesmo placar. Os reservas do Galo, entretanto, não tiveram capacidade para construir um gol.

O Atlético agora volta a pensar no Campeonato Brasileiro. No próximo sábado, o Galo enfrenta o Atlético-PR.

Primeiro tempo

O Galo entrou em campo com o time reserva. Da equipe titular, Rômulo Otero e Victor eram os atletas que sempre figuram entre os principais de Thiago Larghi. A diretoria entendeu que o grande número de partidas desgastou muito o grupo e era necessário parar neste momento.

O Galo iniciou o jogo buscando dominar a partida. A equipe girava a bola de um lado para o outro querendo o melhor passe e profundidade na defesa do San Lorenzo. E funcionou.

Logo nos primeiros minutos, Erik conseguiu grande chance. Em velocidade, o atacante driblou três e saiu na cara do gol, mas a finalização foi muito ruim.

O San Lorenzo não teve uma postura completamente defensiva. O time argentino, após sofrer o primeiro grande susto no Independência, passou a buscar o ataque.

A partida ganhou equilíbrio no meio campo. Muitas faltas e estudo no centro do gramado, com o Galo em vantagem devido a maior posse de bola.

Aos 31, o Galo chegou novamente com grande oportunidade. Em jogada pela esquerda, Erik recebeu na cara do gol, mas finalizou muito mal e facilitou a vida dos defensores adversários.

Segundo tempo

A volta para a etapa complementar foi toda do Atlético. O Galo dominou o jogo e não sofria sustos.

O Atlético atacava, tentava, colocou mais intensidade em seu jogo, mas viu o adversário se fechar completamente.

O técnico Thiago Larghi, observando o desgaste de alguns jogadores, preferiu fazer mudanças e colocar jogadores mais descansados.

No entanto a situação seguiu a mesma. O San Lorenzo conseguiu apenas um ataque de risco no segundo tempo. De resto, a equipe se defendia e encontrava pela frente um Atlético que chutava de longe e não conseguia infiltrações.

Aos 35, em jogada de Erik pela esquerda, ele tenta o cruzamento e o zagueiro tira a bola com a mão. O árbitro, entretanto, mandou o jogo seguir.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 0 X 0 SAN LORENZO

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data: 08 de maio de 2018, Terça-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Não informados

Assistentes: Não informados

Cartões: Senesi, Mercier, Botta, Gudiño, Reriero (San Lorenzo); Iago Maidana, Yago, Tomás Andrade (Atlético)

ATLÉTICO ? Victor; Samuel Xavier, Bremer, Maidana e Lucas Cândido; Yago e Elias (Gustavo Blanco); Otero, Tomás Andrade (Bruninho) e Erik; Alerrandro.

Técnico: Thiago Larghi.

SAN LORENZO: Navarro, Diaz, Coloccini, Senesi, Gabriel Rojas, Mercier, Roberto Piris, Moyano, Botta, Gudino (Alexis Castro), Reniero.

Técnico: Biaggio

Gazeta Esportiva

TAGS