PUBLICIDADE
Esportes

Duda Amorim fratura dedo mínimo e está fora dos Jogos Sul-Americanos

A Seleção Brasileira feminina de handebol não poderá contar com uma de suas atletas mais experientes nos Jogos Sul-Americanos. Duda Amorim, uma das 16 convocadas pelo técnico Jorge Dueñas no início da semana passada, sofreu uma fratura no dedo mínimo da mão direita e não poderá disputar o torneio em Cochabamba, na Bolívia, onde os [?]

14:15 | 23/05/2018

A Seleção Brasileira feminina de handebol não poderá contar com uma de suas atletas mais experientes nos Jogos Sul-Americanos. Duda Amorim, uma das 16 convocadas pelo técnico Jorge Dueñas no início da semana passada, sofreu uma fratura no dedo mínimo da mão direita e não poderá disputar o torneio em Cochabamba, na Bolívia, onde os Jogos serão sediados neste ano, entre 26 de maio a oito de junho.

A armadora é o segundo desfalque do Brasil, já que Ana Paula Rodrigues, com uma ruptura no tendão de aquiles do pé direito, também não estará à disposição. Sobre o fato, Duda acredita que o plantel perde em experiência, mas não em capacidade para ganhar a medalha de ouro. ?Pode afetar por sermos bastante experientes. Mas acredito que todas farão um bom trabalho e conseguirão o título?, afirmou, em entrevista exclusiva ao site Olimpíada Todo Dia.

O tempo previsto para a recuperação da atleta, que fez parte da campanha do título mundial em 2013 e foi eleita Melhor Jogadora do Mundo em 2014, é de cerca de um mês.

O Brasil se encontra no Grupo A dos Jogos Sul-Americanos, junto a Uruguai e Paraguai. A estreia é contra as paraguaias, já no dia 27 (domingo). Os dois melhores classificados de cada chave avançarão para as semifinais. Os dois finalistas da competição garantem vaga nos Jogos Pan-Americanos de 2019.

Gazeta Esportiva

TAGS