PUBLICIDADE
Esportes

Comissão de Miami aprova realização do GP da Fórmula 1 na cidade

A chance do GP de Miami se juntar ao circuito da Fórmula 1 em 2019 aumentou nesta quinta-feira (10), após a Comissão da cidade aprovar o plano para receber a prova. De forma unânime, a votação foi favorável para a realização do evento e agora a pendência é com as partes envolvidas para formular um [?]

19:45 | 10/05/2018

A chance do GP de Miami se juntar ao circuito da Fórmula 1 em 2019 aumentou nesta quinta-feira (10), após a Comissão da cidade aprovar o plano para receber a prova. De forma unânime, a votação foi favorável para a realização do evento e agora a pendência é com as partes envolvidas para formular um contrato e fechar o negócio, o que deve ocorrer até 1 de julho deste ano.

O esperado é que o vínculo seja de 10 anos e a Comissão já tem ideia de como será a pista.

Antes da votação, o prefeito de Miami, Francis Suarez divulgou um texto apoiando a aprovação do GP. ?A Fórmula 1 é um esporte mundial com aproximadamente 1,8 bilhão de espectadores por ano. Eu creio que isso ajudará a Cidade de Miami na transição para deixar de ser uma cidade de férias, para uma cidade global. A categoria tem um potencial econômico de injetar US$ 2,8 milhões, números registrados entre os anos de 2012 e 2015 no centro da cidade de Austin, a outra única cidade que sedia um GP de F1. Nós seríamos provavelmente a única cidade do mundo que tem uma corrida de F1 e etapas de todas as cinco maiores franquias esportivas do país?, afirmou o prefeito.

O comissário José Pepe Diaz acrescentou: ?É algo para a nossa comunidade que seria incrível. Vamos adicionar todos os esportes para que possamos ser o líder mundial em todos os esportes. Acredito que isso possa proporcionar um ganho financeiro incrível para a cidade e o sul da Flórida. Muito além dos níveis do que vimos antes, é como ter o Super Bowl todos os anos.?

Nas redes sociais, a maior parte da população da cidade da Flórida parece apoiar a ida do evento à Miami. A iniciativa não seria toda do dinheiro público, já que investidores privados já estão com acordos fechados com a prefeitura e o retorno cobriria os investimentos.

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS