Thiago Wild vence argentino e é campeão pela segunda vez na carreiraMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Thiago Wild vence argentino e é campeão pela segunda vez na carreira

Neste domingo, Thiago Wild conquistou o título do Future disputado no Harmonia Tênis Clube, em São José do Rio Preto, ao derrotar na decisão o argentino Camilo Carabelli por 2 sets a 0, parciais 7/6 e 6/3. Esse é o segundo título do brasileiro na carreira e o primeiro que vence em solo nacional. ?Foi uma [?]

10:30 | 30/04/2018

Neste domingo, Thiago Wild conquistou o título do Future disputado no Harmonia Tênis Clube, em São José do Rio Preto, ao derrotar na decisão o argentino Camilo Carabelli por 2 sets a 0, parciais 7/6 e 6/3. Esse é o segundo título do brasileiro na carreira e o primeiro que vence em solo nacional.

?Foi uma semana muito boa e consistente aqui Rio Preto. Tive altos e baixos também, mas consegui manter o ritmo e isso é o mais importante. Nos momentos de pressão durante os jogos, uso técnicas da Yoga e meditação, penso apenas em respirar fundo antes de começar o próximo ponto e fazer o que treinei com confiança. É o meu primeiro título no Brasil há quase quatro anos, desde quando jogava juvenil, então com certeza essa conquista é especial?, afirmou o tenista brasileiro após o título.

Agora, Wild terá uma importante subida no ranking da ATP. Na semana passada, o brasileiro aparecia na posição número 604º com 45 pontos. Os dezoito pontos pela conquista vão fazer com que Wild chegue perto do Top 500 no dia 07 de maio, quando os pontos serão computados no ranking mundial.

Neste ano, Wild foi convidado a participar dos dois principais torneios de tênis do Brasil: o Rio Open e o Aberto do Brasil. No primeiro deles, o jovem tenista não conseguiu passar do qualifying já que foi derrotado pelo francês Corentin Moutet, por 2 sets a 0, parciais 6/2 e 6/0. Com isso, o brasileiro perdeu a chance de jogar sua primeira partida em uma chave principal de um torneio nível ATP.

Logo em seguida, o tenista brasileiro participou do Aberto do Brasil, realizado em São Paulo, e desta vez já entrou na chave principal, sem precisar furar o quali. No entanto, Wild enfrentou na primeira partida o experiente argentino Carlos Berloqc, de 35 anos. A revelação nacional jogou muito bem no primeiro set, porém perdeu intensidade na sequência e foi derrotado de virada por 2 sets a 1, após mais de duas horas de partida.

Gazeta Esportiva

TAGS