PUBLICIDADE
Esportes

Seleção Brasileira é convocada para o Pan-Americano de judô

Entre os dias 20 e 22 de abril, a Seleção Brasileira de judô estará em San Jose, na Costa Rica, para a disputa do Campeonato Pan-Americano da modalidade. Divididos em três categorias ? sênior, individual e equipes mistas ? 18 atletas de até 25 anos de idade subirão no tatame para representar o país na [?]

10:45 | 10/04/2018

Entre os dias 20 e 22 de abril, a Seleção Brasileira de judô estará em San Jose, na Costa Rica, para a disputa do Campeonato Pan-Americano da modalidade. Divididos em três categorias ? sênior, individual e equipes mistas ? 18 atletas de até 25 anos de idade subirão no tatame para representar o país na competição, que distribuirá até 700 pontos no ranking da Federação Internacional de Judô.

A equipe feminina é constituída por nove judocas, das sete categorias olímpicas. São elas: Larissa Farias (48 kg), Jéssica Pereira (52 kg), Tamires Crude (57 kg), Kamila Silva (57 kg), Alexia Castilhos (63kg), Yanka Pascoalino (63 kg), Bruna Campos (70 kg), Laislaine Rocha (78 kg) e Beatriz Souza (+78 kg). Aos 19 anos de idade, a última citada está entre as oito melhores do mundo no Ranking da FIJ e é a atual campeã pan-americana dos pesos pesado.

?Ter participado do Pan-Americano no ano passado me ajudou muito. Me deu uma visão das meninas que eu não conhecia aqui da Pan-América e, com certeza, elas estarão esse ano novamente. Eu consegui pensar em mudanças táticas no meu treinamento para tentar surpreender e estou confiante?, afirmou Bia, que aposta em um lugar no pódio para garantir a vaga no Mundial.

A masculina também levará nove atletas, em seis categorias. São eles: Ítalo Carvalho (60 kg), Daniel Cargnin (66 kg), Michael Marcelino (66 kg), Jeferson Santos Júnior (73 kg), David Lima (73 kg), Eduardo Yudy Santos (81 kg), Gustavo Assis (90 kg), Rafael Macedo (90 kg) e Leonardo Gonçalves (100 kg).

Os únicos judocas brasileiros que não possuem idade igual ou inferior a 25 anos são Maria Portela (70 kg) e David Moura (+100 kg), ambos de 30 anos, que disputarão apenas a competição por equipes. ?A opção por atletas jovens já vem desde o ano passado. A gente aprofundou o estudo e vimos que o ápice dos atletas medalhistas olímpicos está na faixa dos 26 anos. Então, a gente acredita que, dando essa experiência aos atletas mais novos, dando a oportunidade deles crescerem no Ranking eles terão mais possibilidade de brigar pela vaga olímpica?, apontou Ney Wilson, gestor de Alto Rendimento da CBJ.

 

Gazeta Esportiva

TAGS