PUBLICIDADE
Esportes

McGregor invade arena atrás de lutador, quebra ônibus e é indiciado

Conor McGregor não cansa de atrair holofotes, mesmo há quase dois anos sem entrar no octógono. Nesta quinta-feira, o lutador protagonizou mais um episódio para lá de polêmico, ao invadir a Barclays Center, em Nova York, e causar um grande tumulto pouco depois da realização do ?Media Day? do UFC 223. Enfurecido, estava à procura [?]

10:45 | 06/04/2018

Conor McGregor não cansa de atrair holofotes, mesmo há quase dois anos sem entrar no octógono. Nesta quinta-feira, o lutador protagonizou mais um episódio para lá de polêmico, ao invadir a Barclays Center, em Nova York, e causar um grande tumulto pouco depois da realização do ?Media Day? do UFC 223. Enfurecido, estava à procura de Khabib Nurmagomedov, em função de um desentendimento deste com Artem Lobov, amigo do irlandês, em um hotel, na quarta-feira.

Acompanhado de 10 pessoas, ?Notorious? adentrou o estacionamento da arena e causou um verdadeiro alvoroço. Arremessou um objeto de peso contra o ônibus em que o russo e mais atletas se encontravam, quebrou a janela e até feriu outro lutador, Michael Chiesa, que tinha luta marcada contra Anthony Pettis neste sábado, mas não deve ir a combate.

 

Mais cedo, por meio de uma de suas redes sociais, o irlandês publicou que ninguém lhe tirará o cinturão dos pesos leves, título que não defende desde que o conquistou, em 2016. Algo que, se depender de Dana White, não acontecerá, já que o presidente do UFC prometeu colocar o prêmio em disputa na própria luta entre Khabib e Holloway, neste final de semana. De quebra, o mandatário ainda revelou a existência de um mandado de prisão ao lutador.

?Foi a coisa mais nojenta que já aconteceu na história da companhia. Há um mandado pela prisão do Conor McGregor, eles estão atrás dele agora. O avião dele não pode decolar, ele não pode sair do estado de Nova York com este mandado. Se eles não o encontrarem, ele vai ter que se entregar. Vocês podem imaginar que ele vai ser processado além do que se imagina, e esta foi uma decisão muito ruim para a carreira dele?, afirmou Dana, em conversa com a imprensa logo após o ocorrido.

?A polícia vai cuidar dele. Sei que um punhado de pessoas vai entrar com ações contra Conor, só Deus sabe quantos processos ele vai receber. Vou cuidar para que Rose esteja bem, Mike esteja bem, e seguiremos a partir daí. Depois desta luta, veremos o que faremos. O que aconteceu hoje é criminoso, nojento, desprezível, me deixa doente. Como organização, nós não podemos deixar nada como isso acontecer de novo?, completou.

Segundo a emissora BBC Sport, a polícia de NY confirmou que McGregor se entregou ainda na noite desta quinta-feira e deve passar por uma audiência nesta sexta. Artem Lobov foi retirado do card de sábado e os lutadores feridos não devem subir no octógono.

 

Gazeta Esportiva

TAGS