Impecável, Nadal domina Tsitsipas e conquista 11° título em BarcelonaMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Impecável, Nadal domina Tsitsipas e conquista 11° título em Barcelona

Neste domingo, Rafael Nadal mostrou mais uma vez porque é considerado o maior tenista da história no saibro. Com extrema facilidade, o espanhol derrotou o jovem Stefanos Tsitsipas por 2 sets a 0, parciais 6/2 e 6/1 e garantiu pela décima primeira vez o título do ATP 500 de Barcelona. De quebra, o Touro Miúra [?]

14:00 | 29/04/2018

Neste domingo, Rafael Nadal mostrou mais uma vez porque é considerado o maior tenista da história no saibro. Com extrema facilidade, o espanhol derrotou o jovem Stefanos Tsitsipas por 2 sets a 0, parciais 6/2 e 6/1 e garantiu pela décima primeira vez o título do ATP 500 de Barcelona. De quebra, o Touro Miúra garantiu a primeira colocação do ranking mundial, que voltaria para Roger Federer caso o tenista de Mallorca perdesse a final.

Com o título, Nadal segue sem jamais ter perdido uma única final em Barcelona. O líder do ranking da ATP disputou a 113ª final de sua carreira e se igualou com John McEnroe na quarta posição entre os maiores vencedores na Era Aberta (desde 1968) do tênis masculino. Atuando no saibro, o espanhol conquistou o 55º troféu, marca impressionante ainda mais se levar em consideração que Rafa tem 77 títulos na carreira.

Além da enorme capacidade que tem no saibro, Nadal soube aproveitar o fato de Tsitsipas estar bastante cansado mesmo no início da partida. O grego já tinha esboçado um forte desgaste no fim do jogo da semifinal, muito porque não está acostumado a jogar por tanto tempo em um torneio. Até então, o melhor resultado do tenista de 19 anos era as quartas de final em Dubai neste ano e a semifinal no ATP 250 de Antwerp na temporada passada.

Mesmo com o desempenho abaixo do esperado na final, Tsitsipas tem muito a comemorar com sua campanha em Barcelona. O jovem tenistas alcançou sua primeira final na carreira, derrotando jogadores especialistas no saibro, como Dominic Thiem (7°) e Pablo Carreño Busta (11°). Além disso, o grego entrará no Top 50 também pela primeira vez desde que ingressou no circuito mundial.

Cecchinato é campeão em Budapeste

Já no único ATP 250 desta semana, o italiano Marco Cecchinato conseguiu seu maior feito na carreira ao vencer por 2 sets a 0, parciais 7/5 e 6/4, o australiano John Millman na final do torneio em Budapeste. Além de ser seu primeiro título na carreira em nível ATP, o tenista de 25 anos tem muito a comemorar já que era Lucky Loser, ou seja, entrou na chave principal devido a uma desistência de outro atleta antes do início do campeonato.

Os dois tenistas jamais tinham chego em final de nível ATP na carreira e fizeram um jogo bastante equilibrado, com chances de quebra para ambos. No entanto, o italiano aproveitou que o seu adversário tinha jogado um pouco antes para se classificar para a final, e abusou das trocas de bolas e da intensidade no fundo de quadra. Agora, Cecchinato subirá 34 posições e aparecerá na posição 58 na próxima semana.

Gazeta Esportiva

TAGS