PUBLICIDADE
Esportes

Derby Campineiro, Ceni e campeões do estadual marcam a Série B

O Campeonato Brasileiro Série B irá começar nesta sexta-feira e uma das grandes atrações da segunda divisão será o retorno do Derby Campineiro. Guarani e Ponte Preta irão voltar a se enfrentar depois de cinco temporadas. Enquanto a Macaca disputou a Série A neste período, com exceção de 2014, o Bugre disputou a terceira divisão [?]

22:45 | 12/04/2018

O Campeonato Brasileiro Série B irá começar nesta sexta-feira e uma das grandes atrações da segunda divisão será o retorno do Derby Campineiro. Guarani e Ponte Preta irão voltar a se enfrentar depois de cinco temporadas. Enquanto a Macaca disputou a Série A neste período, com exceção de 2014, o Bugre disputou a terceira divisão entre 2013 (ano do último confronto, que acabou com vitória do time do Moisés Lucarelli por 3 a 1) e 2016 e jogou a Série B em 2017. Já no estadual, o clube do Brinco de Ouro da Princesa ficou jogando a Série A2.

Sem o ídolo Fumagalli, que se aposentou, o Guarani terá em seu elenco o capitão Baraka, que estava na Ponte Preta na última vez que o clássico de Campinas foi realizado em 26 de janeiro de 2016. Nenhum jogador daquela época permanece em uma das equipes paulistas. Para apimentar ainda mais o dérbi, a Macaca foi campeã do interior e o Burgre da A2.

Outro destaque da segunda divisão é o Fortaleza. O Tricolor do Pici perdeu o Campeonato Cearense para o Ceará e tem a pressão para conseguir uma boa campanha, já que o Vovô está na Série A. Além disso, o Leão é comandado pelo ex-jogador do São Paulo, Rogério Ceni, e conta com alguns jogadores conhecidos do grande público, como o atacante Gustavo, o Gustagol, e o meio-campista Alan Mineiro.

Já o Coritiba, que é comandado por Sandro Forner, terá pela frente a missão de retornar para a primeira divisão, uma vez que seus dois maiores rivais (Paraná e Atlético-PR) estão disputando a elite do futebol brasileiro. O principal destaque do Coxa é o atacante Alecsandro. Ainda no Paraná, o Londrina tenta voltar a ter uma boa campanha após ter ficado em quinto em 2017. A grande mudança no Tubarão foi a saída do treinador Claudio Tencati após seis anos.

O Campeonato Brasileiro Série B de 2018 ainda contará com os dois finalistas do Alagoano (CSA e CRB), o vice-campeão do Gauchão e os campeões do Goiano (Goiás), Catarinense (Figueirense). Além disso, São Bento e Sampaio Corrêa tentam permanecer na segunda divisão após conseguirem o acesso no ano passado e o Oeste chega com o artilheiro da Série B em 2017, Mazinho.

Essa edição da segunda divisão não irá contar com equipes cariocas e o estado com mais representantes é São Paulo, com quatro (São Bento, Ponte Preta, Guarani e Oeste). Em seguida, vem Santa Catarina e Goiás (três cada), e Paraná, Alagoas e Rio Grande do Sul (dois cada). As 20 equipes brigam por quatro vagas para a Série A. Quatro times são rebaixadas para a terceira divisão.

Gazeta Esportiva

TAGS