PUBLICIDADE
Esportes

Monfils afasta derrota por lesão e critica quadra brasileira

Após a partida entre o francês Gael Monfils e o argentino Horacio Zeballos, que culminou com a classificação do sul-americano para as quartas de final do Aberto do Brasil, disputado no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, o tenista europeu rechaçou a ideia de que havia sido derrotado por causa de uma contusão. No início [?]

22:30 | 01/03/2018

Após a partida entre o francês Gael Monfils e o argentino Horacio Zeballos, que culminou com a classificação do sul-americano para as quartas de final do Aberto do Brasil, disputado no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, o tenista europeu rechaçou a ideia de que havia sido derrotado por causa de uma contusão.

No início do duelo, o número 35 do mundo sofreu uma queda feia, sentindo o joelho e alegando dores no punho esquerdo, com o confronto sendo interrompido por alguns minutos para atendimento médico ao tenista. Depois da parada, Monfils retornou á quadra normalmente.

?Caí em cima do meu punho, tive um pouco dor, mas era temporária. Você acaba sentindo um desconforto. No final da partida, eu lutei, mas ele foi simplesmente melhor do que eu hoje (quinta-feira)?, explicou o francês.

Ainda na zona mista destinada aos jornalistas depois do jogo, o tenista teceu críticas ao estado da quadra de saibro no Ginásio do Ibirapuera, mas fez questão de ressaltar de que tal fato não foi um fator em seu revés nas oitavas de final do torneio brasileiro do esporte.

?A quadra é a mesma para os dois jogadores. Temos que ser honestos, não é a melhor quadra de saibro. Algumas vezes é sorte, outras vezes é azar. Mas a quadra é a mesma para ambos?, finalizou.

* Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva

TAGS