PUBLICIDADE
Esportes

Grande duelo: confira o que está por trás de Tottenham x Juventus

Tottenham e Juventus se enfrentam nesta quarta-feira, às 16h45 (de Brasília), pelo jogo de volta das oitavas da Liga dos Campeões, com o futuro totalmente em aberto, já que a partida de ida, em Turim, terminou empatada por 2 a 2. Em Wembley, os Spurs têm a chance de chegar às quartas pela primeira vez [?]

18:00 | 06/03/2018

Tottenham e Juventus se enfrentam nesta quarta-feira, às 16h45 (de Brasília), pelo jogo de volta das oitavas da Liga dos Campeões, com o futuro totalmente em aberto, já que a partida de ida, em Turim, terminou empatada por 2 a 2.

Em Wembley, os Spurs têm a chance de chegar às quartas pela primeira vez em sua história, enquanto a Velha Senhora pode ser eliminada pela sexta vez seguida por um clube inglês.

Por mais que o histórico do confronto entre as duas equipes seja breve (são apenas três partidas), há motivos de sobra para esperar um grande jogo. Nessa história, somam-se dois amistosos (uma vitória para cada lado) e o empate na Champions, no dia 13 de fevereiro. Assim, o confronto desta quarta pode desempatar o histórico.

Confira abaixo uma série de curiosidades sobre as equipes.

Tottenham

Além de ter conseguido um grande resultado na Allianz Arena, em Turim, contra a Juve, o Tottenham tem muitas outras cartas na manga. A primeira delas é Harry Kane, que já marcou sete vezes na atual edição da competição e está atrás apenas de Cristiano Ronaldo (11 tentos), empatando com Roberto Firmino, do Liverpool. Além disso, no Campeonato Inglês, em 29 partidas, já balançou as redes em 24 oportunidades. Apesar de a equipe estar apenas em quarto na Premier League, Kane se tornou o maior artilheiro desta competição num único ano e ainda ultrapassou Lionel Messi, eleito cinco vezes melhor do mundo, como maior artilheiro europeu de 2017, com 56 gols.

Como se não fosse o suficiente, a equipe é comandada pelo ?mágico? técnico argentino Mauricio Pochettino, que ajudou na ascensão de nomes como Christian Eriksen, que fez um dos gols contra a Juventus no jogo de ida, Dele Ali e Eric Dier. O estilo de jogo dos Spurs, bastante rápido, ágil e definido, é uma arma poderosa, enquanto o bom relacionamento entre todos na equipe também dá frutos. Apesar de os títulos ainda não terem vindo, ele é cotado para assumir grandes como Real Madrid e PSG ? e por isso seu contrato está para ser renovado a qualquer momento (ele tem vínculo até 2021).

E ainda tem mais: o clube inglês fez a melhor campanha na fase de grupos desta Champions League, lembrando que em sua chave estavam o bicampeão Real Madrid e o tradicional Borussia Dortmund. Além disso, agora focando exclusivamente no oponente das oitavas, o Tottenham nunca perdeu em casa para um clube italiano em competições da Uefa (foram quatro vitórias e três empates) e pode contar com o recém-chegado Lucas Moura, vindo do PSG, que marcou um gol em sua estreia na Premier League e deu duas assistências nas oitavas de final da Copa da Inglaterra.

Juventus

Tradição: a Vecchia Signora vem para as oitavas carregando em sua mala dois vice-campeonatos nos últimos três anos. Apesar de seu último título da Liga dos Campeões ter sido na temporada de 1995/96, seu ótimo plantel de jogadores e um técnico que conhece muito bem a equipe pesam a favor da conquista de uma vaga para a próxima fase.

O elenco possui nomes renomados: o goleiro e ídolo Gianluigi Buffon é o mais lembrado, mas ali também atuam Higuaín, que fez os dois gols da partida de ida e ainda perdeu um pênalti, o argentino Dybala, Marchisio, Pjanic, Cuadrado, os brasileiros Douglas Costa e Alex Sandro, Chiellini, Matuidi, De Sciglio? Esta equipe permite à Juventus estar na cola do líder Napoli no Campeonato Italiano, mesmo com uma partida a menos. A Juve possui a melhor defesa (15 gols tomados) e o melhor ataque (63 tentos).

Na competição nacional, inclusive, o clube carrega um retrospecto recente impecável, pois soma seis títulos nos últimos seis anos, um recorde ? sendo que os de 2014/15, 2015/16 e 2016/17 foram sob o comando de Massimiliano Allegri. No front desde 2014, o comandante também conquistou três Copas da Itália e uma Supercopa ? aliás, no último dia 28 de fevereiro, a Juve passou para sua quarta final consecutiva da Copa Itália e disputará, com o Milan, o quarto título seguido.

No entanto, os números contra ingleses não animam a equipe italiana. Nos últimos cinco confrontos contra clubes da Inglaterra na Champions, ela foi eliminada todas as vezes (Manchester United, em 1998/09; Liverpool, em 2004/05; Arsenal, em 2005/06; Chelsea, em 2008/09; e o Fulham, em 2009/10 ? uma das maiores reviravoltas das oitavas). Mesmo assim, uma coisa pesa na balança deste jogo: o Tottenham nunca ganhou uma Liga dos Campeões, enquanto a Juventus tem duas orelhudas em sua prateleira em Turim.

Gazeta Esportiva