PUBLICIDADE
Esportes

Confederação divulga sistema de classificação de beisebol e softbol para Tóquio 2020

Após duas Olimpíadas fora, beisebol e softbol estarão de volta aos Jogos em 2020, na edição de Tóquio. Neste sábado (24), a Confederação Internacional de Beisebol e Softbol (WBSC) definiu a forma de classificação para a próxima Olimpíada. Com a divulgação, o Brasil já sabe do que precisa para marcar presença na competição e, em ambas [?]

12:30 | 24/03/2018

Após duas Olimpíadas fora, beisebol e softbol estarão de volta aos Jogos em 2020, na edição de Tóquio. Neste sábado (24), a Confederação Internacional de Beisebol e Softbol (WBSC) definiu a forma de classificação para a próxima Olimpíada. Com a divulgação, o Brasil já sabe do que precisa para marcar presença na competição e, em ambas as modalidades, o país não terá vida fácil.

Em 19º lugar no ranking mundial, o beisebol brasileiro precisa ser campeão do Pan de Lima para conseguir disputar uma vaga nas classificatórias. A disputa é entre as oito seleções mais bem ranqueadas, onde apenas o vencedor garante a ida a Tóquio.

Já no softbol, o classificatório das Américas também usará o resultado final do Pan de Lima para definir as seleções que vão disputar a competição, em um máximo de 16 times. As duas melhores seleções garantem um lugar na Olimpíada.

Gazeta Esportiva

TAGS