PUBLICIDADE
Esportes

Para Verstappen, RBR com motor Mercedes seria imbatível

Desde que o regulamento da Fórmula 1 mudou para o motor híbrido, em 2014, o panorama de desempenho das construtoras mudou. A Red Bull, que de 2010 a 2013 dominou o circuito, vencendo quatro anos seguidos com Sebastian Vettel, caiu de rendimento e viu a Mercedes repetir o feito com três títulos de Lewis Hamilton [?]

13:45 | 12/02/2018

Desde que o regulamento da Fórmula 1 mudou para o motor híbrido, em 2014, o panorama de desempenho das construtoras mudou. A Red Bull, que de 2010 a 2013 dominou o circuito, vencendo quatro anos seguidos com Sebastian Vettel, caiu de rendimento e viu a Mercedes repetir o feito com três títulos de Lewis Hamilton e um de Nico Rosberg.

Com o motor da Renault desde 2008, a escuderia tenta recuperar a força e competir com o carro da Mercedes. Mas, para Max Verstappen, não seria uma má ideia mudar os motores para o da rival. ?Acho que, se tivéssemos motor Mercedes, eles nunca mais nos veriam?, disse.

Para o alemão, a Renault melhorou nos últimos anos, porém contou com menos potência do que os outros fabricantes. ?O nosso [motor] não é tão estável como o que Mercedes e Ferrari têm. Mas isso tem a ver com várias coisas. Caso contrário, eles teriam resolvido isso há muito tempo, claro.?, afirmou.

 

Gazeta Esportiva

TAGS