PUBLICIDADE
Esportes

Em duelo alucinante, Osasco bate Bauru no tie-break e vence a 7ª seguida

O que parecia que seria uma vitória tranquila, se transformou em pesadelo. Na noite desta sexta-feira, pela Superliga Feminina de vôlei, o Osasco recebeu o Bauru no Ginásio José Liberatti e, em um jogo alucinante, venceu por 3 sets a 2, com parciais de 25/19, 25/20, 18/25 e 19/25 e 15/10 . O time da casa [?]

21:00 | 02/02/2018

O que parecia que seria uma vitória tranquila, se transformou em pesadelo. Na noite desta sexta-feira, pela Superliga Feminina de vôlei, o Osasco recebeu o Bauru no Ginásio José Liberatti e, em um jogo alucinante, venceu por 3 sets a 2, com parciais de 25/19, 25/20, 18/25 e 19/25 e 15/10 . O time da casa saiu na frente, abriu 2 a 0, mas viu as adversárias reagirem e empatarem o jogo, que foi decidido apenas no tie-break.

Com o resultado, o Osasco se mantem invicto no returno da competição e chega ao sétimo triunfo consecutivo. Agora, o Osasco viaja para enfrentar o Minas, na próximaquinta-feira, às 19h (de Brasília). O Bauru, por sua vez, perde a terceira seguida e volta às quadras na próxima quarta-feira, quando recebe o vice-lider Rio de Janeiro, às 19h30 (de Brasília).

O time de Osasco começou melhor no jogo, abrindo vantagem no placar desde o início. Atacando muito bem, o time da casa não sofreu pressão e fechou a primeira parcial com relativa tranquilidade e seis pontos de diferença para as adversárias.

O segundo set já foi mais equilibrado. O Bauru voltou atento ao jogo e ambos os times seguiram se revezando na liderança da partida. A equipe visitante chegou a abrir cinco pontos, mas viu as rivais reagirem, empatarem e virarem o jogo. O Bauru não conseguiu travar a reação adversária e a vantagem se inverteu. Assim, o Osasco fechou a parcial com cinco pontos de vantagem: 25 a 20.

No terceiro set, porém, o Bauru foi buscar o resultado. Começou melhor, abriu ligeira vantagem, mas novamente deixou o Osasco se recuperar, empatar e virar a partida. Desta vez, no entanto, as visitantes se mantiveram firmes e voltaram à frente do placar, de onde não saíram mais, fechando a parcial com sete pontos de vantagem.

O início do quarto set foi mais uma vez marcado pelo equilíbrio, sem que nenhuma das equipes conseguisse abrir diferença considerável no marcador. Porém, o Bauru cresceu e se impôs na partida. Aproveitando erros do Osasco, o time visitante subiu de produção, abriu boa vantagem e conseguiu fechar a parcial, forçando o tie-break.

No desempate, o Osasco se impôs, enquanto o Bauru sentiu a pressão. Após um início parelho entre as duas equipes, o time da casa chamou a responsabilidade para si e abriu sete de frente: 10/3. Com bom desempenho no bloqueio, o Osasco chegou ao match-point, mas desperdiçou as três primeiras oportunidades e viu o time rival reagir, chagando a 14/10. No entanto, aproveitou a quinta chance e fechou a partida em 15 a 10, decretando a sofrida vitória.

Gazeta Esportiva

TAGS