PUBLICIDADE
Esportes

Wozniacki é campeã do Aberto da Austrália e volta ao topo do ranking

Depois de uma emocionante final, Caroline Wozniacki se tornou campeã do Aberto da Austrália de 2018 e entrou no rol de tenistas que já conquistaram ao menos um Major na carreira. A dinamarquesa venceu a romena Simona Halep por 2 sets 1, parciais 7/6 (2), 3/6 e 6/4, e além de levantar o troféu, garantiu [?]

09:00 | 27/01/2018

Depois de uma emocionante final, Caroline Wozniacki se tornou campeã do Aberto da Austrália de 2018 e entrou no rol de tenistas que já conquistaram ao menos um Major na carreira. A dinamarquesa venceu a romena Simona Halep por 2 sets 1, parciais 7/6 (2), 3/6 e 6/4, e além de levantar o troféu, garantiu seu retorno ao topo do ranking da WTA, desbancando a própria adversária deste sábado.

A partida foi marcada por muita tensão das duas tenistas pela importância do jogo. Ambas já tinham chego em duas finais de Grand Slam sem conseguir levantar o troféu e nem a dinamarquesa nem a romena queriam repetir a sensação de terminar o torneio como vice-campeã. Com isso, o primeiro set foi extremamente equilibrado, com Wozniacki garantindo a primeira parcial apenas no tiebreak.

No segundo set, a dinamarquesa não conseguiu manter o memso ritmo do primeiro e viu Halep vencer por 6/3. Com o terceiro set sendo o derradeiro para as duas tenistas e definir quem seria a nova campeã do Aberto da Austrália, as duas jogaram no limite e em alto nível para garantir o troféu. Com quebra de saque para os dois lados, Wozniaki aproveitou um pequeno deslize de Halep e venceu pela primeira um torneio de Grand Slam na sua carreira.

Além da difícil decisão diante de Halep, o título de Wozniacki ficará marcado por uma das maiores viradas da história de um Grand Slam. Na segunda rodada do torneio, a dinamarquesa perdia no terceiro set para Jana Fett por 5/1 e com a croata sacando com 40/15 no placar. Além de salvar os dois match points, a nova número um do mundo quebrou três vezes o serviço da oponente e conseguiu uma das mais incríveis vitórias na sua carreira.

A trajetória de Halep também foi impressionante. Logo na primeira rodada, a romena torceu o tornozelo e colocou em dúvida sua continuação no torneio. A ex-número um se manteve firme e na terceira rodada, diante da da americana Davis, teve que salvar match point para se manter viva na competição. Já na semifinal, a vice-campeã do Aberto da Austrália enfrentou a alemã Angelique Kerber e teve que evitar mais de um match points para chegar até a grande final.

Gazeta Esportiva

TAGS