PUBLICIDADE
Esportes

Sequência ruim pode fazer Galo mudar planejamento do início da temporada

Os dois últimos resultados em nada agradaram o torcedor atleticano. Primeiro a derrota para o Villa Nova, no meio de semana, com o time reserva. Depois, em um jogo ruim, os titulares ficaram no empate, por 2 a 2, com o Patrocinense, nesse domingo, no Independência. Diante disso, o planejamento pode mudar. O Galo vinha [?]

15:30 | 29/01/2018

Os dois últimos resultados em nada agradaram o torcedor atleticano. Primeiro a derrota para o Villa Nova, no meio de semana, com o time reserva. Depois, em um jogo ruim, os titulares ficaram no empate, por 2 a 2, com o Patrocinense, nesse domingo, no Independência. Diante disso, o planejamento pode mudar.

O Galo vinha fazendo um rodízio da equipe. Os jogos em Belo Horizonte os titulares são escalados e ganham uma semana para trabalhar. Nos duelos longe da capital mineira, os reservas vão para o campo duelar.

No entanto, com apenas um ponto em seis disputados nos últimos dois jogos, o Atlético admite que esse planejamento pode mudar para a sequência do Campeonato Mineiro.

?Independentemente dos resultados, eu estou levando em consideração o comportamento da equipe. Gostei muito nos dois primeiro jogos: o empate em Varginha e a vitória aqui (no Independência). Já não gostei tanto nos dois últimos jogos: na derrota contra o Villa Nova e aqui no empate. Então, é lógico que nós vamos precisar revigorar a equipe também para passar a vencer no Campeonato Mineiro. Se não, se perde tudo, não tem planejamento. O planejamento acontece, mas ele tem que ser recheado com o comportamento da equipe. Isso é uma coisa que eu vou analisar durante a semana de trabalho e ver como a gente pode fazer. Pode ter alteração? Claro que sim. Todo planejamento está sujeito a alterações?, admitiu o treinador Oswaldo Oliveira.

O Galo fez dois tempos diferentes contra o Patrocinense. Na etapa inicial, partiu pra cima, buscou o resultado e tentou algo ? embora tenha sido bastante discreto em várias tentativas. No fim, a equipe não conseguiu correr e viu a equipe do interior buscar o resultado.

Oswaldo acredita que a equipe entrou com um excesso de relaxamento para o segundo tempo da partida e isso foi prejudicial a sua equipe.

?Acho que nós relaxamos muito. Entramos realmente autossuficientes na partida, sem jogar com a intensidade, com a agressividade que nós jogamos no jogo passado. Como nós fizemos dois gols? Aliás, nós fizemos três gols, mas só valeram dois. Apesar de todas as advertências que nós fizemos no intervalo, não foi suficiente para a equipe acordar no jogo. Acho que a gente realmente deixou muito a desejar nesse aspecto. Poderíamos ter decidido a partida, uma acomodação? Houve um relaxamento e acabou que nós cedemos o empate?, completou.

O Galo volta aos treinamentos nesta terça-feira, na Cidade do Galo. A equipe volta a campo somente no próximo domingo, contra a URT, em Patos de Minas, pelo Campeonato Mineiro. Para este jogo, Oswaldo ainda não revelou se vai mandar a equipe inteira reserva, mesclada ou titulares.

O Atlético está na quarta colocação, com cinco pontos anotados. Cruzeiro e América dividem a liderança, ambos com 10 pontos, a Raposa está na frente por causa dos critérios de desempate.

Gazeta Esportiva

TAGS