PUBLICIDADE
Esportes

?Barça está mais equilibrado sem Neymar?, diz Messi

Ainda faltam 15 rodadas para o fim do Campeonato Espanhol, mas uma coisa é certa: o Barcelona é o favorito ao título, seja pelos 11 pontos à frente do segundo colocado, Atlético de Madrid, seja pela atuação da equipe comandada por Ernesto Valverde. Um dos maiores ídolos do time e cinco vezes melhor do mundo, [?]

15:15 | 27/01/2018

Ainda faltam 15 rodadas para o fim do Campeonato Espanhol, mas uma coisa é certa: o Barcelona é o favorito ao título, seja pelos 11 pontos à frente do segundo colocado, Atlético de Madrid, seja pela atuação da equipe comandada por Ernesto Valverde. Um dos maiores ídolos do time e cinco vezes melhor do mundo, o argentino Lionel Messi, em entrevista para a revista inglesa World Soccer, também leva em consideração outro ponto: a ausência de Neymar.

?Sem o Neymar estamos mais equilibrados. Sua saída significou uma mudança em nosso modo de jogar, perdemos muito potencial de ataque, mas ajudou no defensivo?, disse o craque.

O brasileiro saiu do Barcelona e foi rumo ao Parque dos Príncipes na maior transferência da história, por 222 milhões de euros. De início, torcedores e imprensa desconfiaram se os catalães conseguiriam manter o nível, mas os números provam que sim. São 34 jogos, 25 vitórias, 6 empates e apenas 3 derrotas, com uma média de 2,44 gols por partida. Quanto aos gols tomados, a média é de somente 0,41 tentos. ?Estamos atualmente muito bem armados no meio-campo, o que nos torna mais fortes na defesa?, relatou Messi.

Ainda na entrevista à revista, o argentino comentou sobre a Liga dos Campeões, que será retomada em fevereiro, quando enfrentará o Chelsea. Mesmo assim, parece que o camisa 10 do Barça está mais preocupado com outro time inglês. ?O Manchester City é uma das equipes mais fortes do mundo nesse momento?, confirmou. ?O mesmo vale para o PSG, mas não descarto o Real Madrid, pela experiência e pelo futebol, mesmo com os resultados de agora. Há também o Bayern de Munique, que é uma ótima equipe e que vai lutar até o fim?.

Sobre o rival em crise, Messi é categórico. ?É algo atemporal. Não é a primeira vez que vimos uma situação assim no Real. No fim, eles voltarão a lutar por tudo, graças ao time que têm, aos jogadores que têm e porque sempre o fazem?, finalizou.

 

Gazeta Esportiva

TAGS