PUBLICIDADE
Esportes

Ricciardo admite mau desempenho nos treinos de classificação em 2017

Daniel Ricciardo concluiu mais uma temporada na Fórmula 1. Fazendo um balanço de seu ano, o australiano encontrou um ponto fraco: os treinos de classificação, definindo sua posição no grid de largada. ?Não vou dizer que tive problemas com o carro, mas foi difícil de conseguir o desempenho máximo. São muitas voltas aos sábados (dia [?]

09:45 | 14/12/2017

Daniel Ricciardo concluiu mais uma temporada na Fórmula 1. Fazendo um balanço de seu ano, o australiano encontrou um ponto fraco: os treinos de classificação, definindo sua posição no grid de largada.

?Não vou dizer que tive problemas com o carro, mas foi difícil de conseguir o desempenho máximo. São muitas voltas aos sábados (dia dos treinos) e eu bati duas vezes, na Austrália e em Baku?, analisou, em entrevista ao Motorsport.

Ricciardo, com seu bom humor habitual, também brincou sobre a possibilidade de ficar marcado pelos maus desempenhos nos treinos. ?Eu era chamado de ?piloto de sábado?. Agora, provavelmente, serei um ?piloto de domingo (dia da corrida)?. Quem imaginaria??, afirmou.

Na temporada, o australiano não conseguiu nenhuma pole position, assim como seu companheiro Max Verstappen. Apenas as equipes Mercedes e Ferrari colocaram pilotos para largar na primeira posição.

Com 200 pontos, Ricciardo terminou a temporada na quinta colocação. Ele venceu o GP do Azerbaijão e terminou em segundo em Cingapura, sendo estes seus dois melhores resultados. Daniel seguirá como piloto da Red Bull na próxima temporada, que começa em 25 de março, na Austrália.

Gazeta Esportiva

TAGS