PUBLICIDADE
Esportes

Provável substituto de Massa afirma estar no mesmo nível do seu início na F1

A Renault está perto de anunciar quem será o substituto de Felipe Massa na Fórmula 1, e o provável piloto que entrará na equipe, Robert Kubica, afirmou que está se sentindo muito bem fisicamente e que continua praticamente no mesmo nível de quando inciou sua carreira na modalidade, em 2006. O polonês passou por um intenso [?]

09:15 | 04/12/2017

A Renault está perto de anunciar quem será o substituto de Felipe Massa na Fórmula 1, e o provável piloto que entrará na equipe, Robert Kubica, afirmou que está se sentindo muito bem fisicamente e que continua praticamente no mesmo nível de quando inciou sua carreira na modalidade, em 2006. O polonês passou por um intenso treinamento físico e teve testes com algumas construtoras para saber se retornará a F1.

?Honestamente, tenho muito mais limitações no meu cotidiano?, disse Kubica ao falar sobre sua condição física no Autosport Awards em Londres. Dirigir um carro de F1 não é o mesmo que foi no passado. Ainda assim, minhas limitações são muito menores do que parece?, falou o piloto polonês.

?Noventa por cento da minha pilotagem é exatamente igual a dos velhos tempos. Estou em melhor forma física do que estava no passado. Agora tenho que trabalhar muito mais, já que a idade não ajuda. A grande diferença é o cérebro. É incrível o grande potencial do cérebro e a rapidez com que podemos nos adaptar a diferentes condições.?

O piloto também destacou as dificuldades que teve na carreira devido a lesões.?Infelizmente, minha carreira foi interrompida. Me machuquei muito. No final, aprendi a viver com isso, a pilotar um carro de F1 com isso. E, no final, estou bastante surpreso com os resultados que vi.?

Mesmo fora do ambiente da Fórmula 1 nas últimas temporadas, Kubica já tem uma história na modalidade. Até o momento foram 70 GPs disputados, sendo 12 pódios, uma vitória e 241 pontos conquistados. A primeira corrida em que esteve em uma carro de F1 foi em 206 na Hungria, e sua saída do circuito mundial foi em 2010 na disputa de Abu Dhabi.

Gazeta Esportiva

TAGS