PUBLICIDADE
Esportes

Japão reduz em 10% o orçamento para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 anunciaram um corte de 10% no orçamento do principal evento esportivo do mundo. Agora o custo total do megaevento será de US$ 12,6 bilhões (R$ 41,9 bilhões). A redução no orçamento irá afetar, em grande parte, a construção de instalações esportivas temporárias e os sistemas de [?]

10:00 | 23/12/2017

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 anunciaram um corte de 10% no orçamento do principal evento esportivo do mundo. Agora o custo total do megaevento será de US$ 12,6 bilhões (R$ 41,9 bilhões).

A redução no orçamento irá afetar, em grande parte, a construção de instalações esportivas temporárias e os sistemas de transporte. Com o anúncio, o custo total das Olimpíadas fica próximo ao montante gasto no Rio 2016 (R$ 41,06 bilhões).

Após conseguir fechar com novos patrocinadores, a organização de Tóquio 2020 já arrecadou US$ 1 bilhão (R$ 3,3 bilhões) e espera que o valor chegue em quase US$ 3 bilhões (R$ 9,6 bilhões). A previsão é que US$ 5,6 bilhões (R$ 18,6 bilhões) sejam pagos pelo Comitê Organizador e US$ 7 bilhões (R$ 23,3 bilhões) pelo governo japonês.

?Acredito que podemos dizer que cumprimos o orçamento, embora seguiremos trabalhando arduamente na redução dos custos?, declarou Hidemasa Nakamura, diretor financeiro de Tóquio 2020. Em comunicado, o Comitê explicou que os cortes foram feitos para evitar aporte de verbas públicas.

A decisão atende o pedido do Comitê Olímpico Internacional (COI), que queria que o Japão diminuísse o orçamento das Olimpíadas em US$ 1 bilhão.

Gazeta Esportiva

TAGS