PUBLICIDADE
Esportes

Galo oferece grande redução e afasta Robinho de renovação

A negociação fechou. A parceria de dois anos entre Atlético e Robinho parece ter chegado ao final, com o contrato que se encerra no fim de 2017 e não será renovado. A informação foi divulgada pelo jornalista Heverton Guimarães e confirmada pela Gazeta Esportiva. O clube e o jogador não conseguiram acertar as bases salariais [?]

13:30 | 08/12/2017

A negociação fechou. A parceria de dois anos entre Atlético e Robinho parece ter chegado ao final, com o contrato que se encerra no fim de 2017 e não será renovado.

A informação foi divulgada pelo jornalista Heverton Guimarães e confirmada pela Gazeta Esportiva. O clube e o jogador não conseguiram acertar as bases salariais do meia-atacante. O valor falado pelo clube alvinegro não satisfez os desejos de Robinho. Com isso, o negócio parou.

O jogador disse, há alguns meses, que aceitaria reduzir seu salário para permanecer em Belo Horizonte. A nova política do Atlético é de economizar mais e fazer bons negócios. Robinho, no entanto, estava satisfeito na capital mineira e ouviu da família que permanecer no Galo seria o melhor para todos.

Entretanto, o Atlético ofereceu algo muito reduzido. Robinho chegou ao Galo em 2016 com salário de 800 mil mensais, além de premiações. No início do contrato, a Dryworld faria o pagamento da maior parte, porém, não conseguiu arcar com os vencimentos e o clube mineiro teve que assumir a dívida.

O Atlético ainda não confirma a saída do jogador. Em contato por WhatsApp, o diretor de comunicação do clube, Domenico Bhering, disse que as negociações aguardam a eleição no clube, no próximo dia 11 de dezembro.

Robinho está no Galo desde 2016. O jogador teve grande destaque no futebol brasileiro em sua primeira temporada com a camisa alvinegra. No entanto, na atual temporada o camisa 7 passou por altos e baixos e viveu por um tempo na reserva. A chegada de Oswaldo Oliveira mudou o clima dentro do clube e Robinho voltou a render.

Gazeta Esportiva

TAGS