PUBLICIDADE
Esportes

De Iugoslávia à Sérvia, conheça um dos adversários do Brasil na Copa

A Sérvia é reconhecida pela Fifa como a sucessora da seleção extinta Iugoslávia, que se desintegrou em 1992 e era formada poela  Bósnia, Croácia, Eslovênia, Macedônia, Montenegro e Kosovo, além da própria Sérvia. Ao contrário da equipe de Matic e companhia, a seleção iugoslava coleciona boas campanhas em Mundiais e competições europeias. Logo na primeira [?]

21:15 | 01/12/2017

A Sérvia é reconhecida pela Fifa como a sucessora da seleção extinta Iugoslávia, que se desintegrou em 1992 e era formada poela  Bósnia, Croácia, Eslovênia, Macedônia, Montenegro e Kosovo, além da própria Sérvia. Ao contrário da equipe de Matic e companhia, a seleção iugoslava coleciona boas campanhas em Mundiais e competições europeias.

Logo na primeira edição da Copa do Mundo, no Uruguai, a Iugoslávia chegou à semifinal do torneio, eliminando Brasil e Bolívia pelo grupo 2 antes de ser derrotada pelos anfitriões, que seriam os primeiros campeões do mundo.

As três participações seguintes não foram do mesmo nível. Em 1950, no Brasil, a Iugoslávia sofreu a revanche para o time verde e amarelo e foi eliminada na primeira fase, no Grupo 1, juntamente com Suíça e México. Já em 1954, na Suíça, e em 1958, na Suécia, a Iugoslávia chegou às quartas de final. A Copa de 1958 foi a primeira em que a seleção iugoslava não enfrentou o Brasil.

Em 1962, a Iugoslávia esteve novamente a um passo da final, mas foi eliminada na semi mais uma vez. Depois de se classificar em segundo lugar no Grupo 1, à frente de Uruguai e Colômbia e atrás da União Soviética, a equipe venceu a Alemanha Ocidental nas quartas de final antes de perder para a Tchecoslováquia na semi. Na disputa pelo terceiro lugar, perdeu para a seleção da casa, o Chile.

A Iugoslávia voltou à Copa do Mundo em 1974, na Alemanha Ocidental, quando foi eliminada na segunda fase. Em 1982, na Espanha, foi ainda pior, sendo eliminada na primeira fase.

Em sua última Copa do Mundo, em 1990 na Itália, a Iugoslávia chegou às quartas de final, quando foi eliminada pela Argentina nos pênaltis. Antes disso, passou pela Espanha nas oitavas de final e ficou em segundo lugar no grupo D, que tinha Alemanha Ocidental, Colômbia e Emirados Árabes Unidos, única seleção eliminada no grupo.

Iugoslávia e Brasil em Copas

Nas três primeiras participações da Iugoslávia em Copas houve apenas um confronto com o Brasil. Ao todo, as seleções brasileira e iugoslava se enfrentaram pela Copa do Mundo em quatro ocasiões, sendo uma vitória para cada seleção e dois empates.

O primeiro confronto foi na primeira Copa de 1930, em Montevidéu no Uruguai. A Iugoslávia derrotou o Brasil por 2 a 1 na primeira rodada da fase de grupos, na qual a seleção brasileira foi eliminada e os iugoslavos avançaram.

Depois de não participarem das Copas de 1934 e 1938, a Iugoslávia retornou em 1950. No entanto, ficou novamente no mesmo grupo do anfitrião Brasil, que dessa vez venceu por 2 a 0 na última rodada e se classificou, eliminando os iugoslavos no Maracanã.

Em 1954, as seleções voltaram a se encontrar na fase de grupos da Copa do Mundo, na Suíça. O desfecho foi favorável para ambos os times, que empataram na última rodada por 1 a 1 e avançaram às quartas de final, na qual seriam eliminados.

O último embate foi em 1974, na Alemanha Ocidental, também pela fase de grupos. Logo na primeira rodada, Brasil e Iugoslávia empataram por 0 a 0. Ambos venceram os outros dois jogos e se classificaram à próxima fase.

Últimas participações em Copas

Na Mundial disputado na Alemanha, a Sérvia e Montenegro (na época) caiu no chamado Grupo da Morte, com: Argentina, Costa do Marfim e Holanda. A partida diante dos argentinos ficou marcada por uma goleada histórica de 6 a 0. Contra os holandeses e marfinenses derrotas: 1 a 0 e 3 a 2, respectivamente.

Depois da Copa do Mundo, Servia e Montenegro, passou apenas a se chamar Sérvia. A classificação para a Copa do Mundo veio com um histórico primeiro lugar no Grupo das Eliminatórias, fazendo 22 pontos, e deixando a França em segundo lugar, para jogar a repescagem em 2009.

O grupo da Sérvia na Copa do Mundo de 2010 era formada por: Alemanha, Gana e Austrália. Depois de perder na estreia para a seleção ganense, veio a surpreendente vitória contra a Alemanha por 1 a 0, gol de Jovanovic. Mas, a derrota por 2 a 1 contra a Austrália selou qualquer chance de classificação da equipe.

No Mundial da Rússia, a Sérvia está no mesmo grupo que: Brasil, Suíça e Costa Rica. Como Sérvia, fez apenas um jogo contra o Brasil. Derrota por 1 a 0 em 2014, gol de Fred. Em Copas do Mundo, foram quatro partidas, com uma vitória para cada lado e dois empates. Na época, a Sérvia era a antiga Iugoslávia.

O grande destaque individual da equipe treinada por Mladen Krstajic, é o meia Matic, do Manchester United. O jogador já teve ótimas passagens por Benfica e Chelsea, neste último, se sagrou campeão da Premier League em 2015.

 

Gazeta Esportiva

TAGS