PUBLICIDADE
Esportes

Brasil empata com Montenegro e dá adeus ao Mundial de handebol

Precisando da vitória para se manter viva no Mundial de handebol, a Seleção Brasileira lutou até o fim, mas acabou empatando o jogo com Montenegro em 23 a 23, placar favorável às adversárias, e deu adeus à competição. No primeiro torneio do técnico Jorge Dueñas a frente da seleção, a equipe teve um baixo aproveitamento [?]

16:00 | 08/12/2017

Precisando da vitória para se manter viva no Mundial de handebol, a Seleção Brasileira lutou até o fim, mas acabou empatando o jogo com Montenegro em 23 a 23, placar favorável às adversárias, e deu adeus à competição. No primeiro torneio do técnico Jorge Dueñas a frente da seleção, a equipe teve um baixo aproveitamento no ataque durante toda a primeira fase. Esta é a pior campanha do time desde 2003, quando a seleção fechou o Mundial na 20ª posição.

Mais cedo nesta sexta-feira, o Japão atropelou a Tunísia por um placar de 31 a 13, em partida válida também pelo Grupo C. O resultado fez com que o empate favorecesse a equipe de Montenegro, já que Brasil e Japão estavam empatados com três pontos e as três seleções brigavam por duas vagas. Ainda nesta sexta, Dinamarca e Rússia se enfrentam às 17h30 (de Brasília), valendo a liderança do grupo. O Brasil ainda vai brigar pelo 17º lugar no Mundial. na competição.

Com o resultado, o Brasil encerra a fase de grupos com uma vitória, dois empates e duas derrotas e perde a oportunidade de buscar o bicampeonato Mundial. Em 2015, a equipe terminou em 10º lugar, decepcionando após ser campeã na edição anterior, em 2013.

O Brasil começou bem o jogo, ligeiramente melhor que Montenegro, abrindo 2 a 0. Novamente, o time de Jorge Dueñas caiu de produção, momento em que as adversárias aproveitaram para entrar no jogo e deixar tudo igual. Repetindo as partidas anteriores, a equipe brasileira pecou muito no ataque, especialmente com as pivôs, que praticamente não participaram do primeiro tempo. Após Montenegro ser melhor na maior parte da primeira etapa, o Brasil melhorou no final e conseguiu ir para o intervalo com um ponto de vantagem no placar.

Na volta para o segundo tempo, a seleção verde e amarela seguiu sofrendo com erros de ataque. Apesar das falhas, o confronto seguiu equilibrado, com as equipes se alternando à frente do marcador, sem que conseguissem abrir boa vantagem. O jogo seguiu desta maneira até o final, até que, com o placar em 23 a 23, o Brasil teve a chance de definir a partida, mas acabou tendo o arremesso defendido pela goleira adversária nos segundos finais. Com o empate a seu favor, Montenegro não deixou a bola voltar para as mãos do Brasil, segurou o resultado e avança, assim, às oitavas.

Gazeta Esportiva

TAGS