PUBLICIDADE
Esportes

Timberwolves superam Suns com grande atuação de Towns

A frase conhecida como quarta força ficou famosa no futebol em 2017 com a brilhante campanha do Corinthians rumo aos títulos do Campeonato Paulista e Brasileiro. Porém, na NBA, uma equipe venceu neste domingo e chegou ao quarto lugar da Conferência Oeste. Além do triunfo sobre o Phoenix Suns por 119 a 108, o Minnesota [?]

09:15 | 27/11/2017

A frase conhecida como quarta força ficou famosa no futebol em 2017 com a brilhante campanha do Corinthians rumo aos títulos do Campeonato Paulista e Brasileiro. Porém, na NBA, uma equipe venceu neste domingo e chegou ao quarto lugar da Conferência Oeste. Além do triunfo sobre o Phoenix Suns por 119 a 108, o Minnesota Timberwolves mostra uma evolução consistente e pode ser uma franquia passível de surpreender na temporada. Quem também faz um início acima da expectativa é o Miami Heat, que venceu o Chicago Bulls por 100 a 93.

A consistência foi a marca da vitória do Timberwolves. Com grande atuação dos titulares, o time comandado por Tom Thibodeau superou a dedicação defensiva do Phoenix e alcançou o 12° triunfo da temporada. O grande destaque acabou sendo Karl-Anthony Towns, que terminou com dígitos duplos em dois quesitos e consagrou um duplo-duplo de 32 pontos e 12 rebotes.

A contribuição ofensiva não parou em Towns. Mais três titulares conseguiram atingir dois dígitos em pontos. Principal aquisição da temporada, Jimmy Butler anotou 25 pontos, Andrew Wiggins ajudou com 21 e Taj Gibson também foi responsável por um duplo-duplo. Decisivo no garrafão, o ala-pivô contribuiu com 16 pontos e 14 rebotes.

Pelo lado do Phoenix Suns, a ausência de Devin Booker acabou bastante sentida. O armador foi poupado por conta de uma lesão e a distribuição dos pontos que Booker costuma fazer acabou sendo prejudicada pelo desfalque. Porém, o destaque do time veio do banco de reservas. Mike James contribuiu com 26 pontos, mas não conseguiu evitar o 14º revés da temporada regular.

Miami Heat se recupera e vence Chicago

Se existe um time inexplicável nesta temporada é o Miami Heat. Com jogos bons e ruins e momentos distintos dentro do próprio jogo, a equipe da Flórida deu mais um exemplo do que está apresentando ao longo dos jogos, superou a inconsistência e venceu o Chicago Bulls por 100 a 93.

Depois de anotar apenas sete pontos no primeiro quarto, Miami se recuperou nos 12 minutos seguintes e marcou 38 pontos, saindo para o intervalo com vantagem de 45 a 42. Com um segundo tempo equilibrado, a equipe comandada por Erik Spoelstra superou os Bulls na última parcial e conseguiu o triunfo que trouxe uma campanha positiva na temporada, de 10 viórias e nove derrotas.

O grande destaque do jogo foi o armador Goran Dragic. Resposável por 14 dos seus 24 pontos no último quarto, o camisa sete ainda contribuiu com três assistências. Vindo do banco, Wayne Ellington marcou 19 pontos e ajudou muito defensivamente para consolidar o triunfo.

Pelo lado de Chicago, o cestinha foi Jerian Grant, autor de 24 pontos. Quem também contribuiu foi Denzel Valentine, com um duplo-duplo de 14 pontos e três rebotes.

Outo resultado de domingo na NBA

Mamphis Grizzlies 88 X 98 Brooklyn Nets

Gazeta Esportiva

TAGS