PUBLICIDADE
Esportes

Ralf é oferecido ao Galo, mas pedida salarial assusta o clube mineiro

Desde a saída de Leandro Donizete, o Galo sofre para achar um volante que supra a ausência daquele protetor aos sistema defensivo. A posição hoje é ocupada por Adilson, mas o atleta está longe de ser unanimidade com a camisa preto e branca. Com dificuldades no setor, a Gazeta Esportiva apurou que o volante Ralf, [?]

05:15 | 21/11/2017

Desde a saída de Leandro Donizete, o Galo sofre para achar um volante que supra a ausência daquele protetor aos sistema defensivo. A posição hoje é ocupada por Adilson, mas o atleta está longe de ser unanimidade com a camisa preto e branca. Com dificuldades no setor, a Gazeta Esportiva apurou que o volante Ralf, ex-Corinthians, foi oferecido.

O Atlético, porém, se curvou a apresentação do nome. Diante da nova realidade do clube, que não pretende gastar tanto com nomes de peso e quer economizar em 2018, a agremiação mineira recusou por causa do alto valor salarial. O atleta chegaria a Belo Horizonte para ganhar em torno de R$350 mil mensais. O problema foi apenas o salário, já que o atleta chegaria a Belo Horizonte sem custos para o Galo.

Ralf tem contrato com o Beijing Guoan, da China, até dezembro de 2017 e pode voltar ao Brasil. A expectativa do jogador e estafe é retornar ao mercado brasileiro e repetir o futebol que o levou para a Seleção Brasileira.

Há alguns dias, o nome do jogador foi ventilado no Corinthians, mas a diretoria do alvinegro paulista adotou a cautela e disse que neste momento não negocia com o jogador.

Ralf teve problemas em sua saída do Corinthians para o futebol chinês. Na época, o jogador tinha sua permanência apalavrada, logo após o título Brasileiro de 2015, mas resolveu deixar o clube paulista e buscar vida nova na China, algo que deixou a diretoria corintiana bastante irritada.

Gazeta Esportiva

TAGS