PUBLICIDADE
Esportes

Massa reclama de Sainz e cita vingança em treino oficial no Brasil

Nono colocado no grid de largada para o GP do Brasil de Fórmula 1, o brasileiro Felipe Massa deixou o treino classificatório deste sábado vociferando contra Carlos Sainz, da Renault. Segundo o piloto da Williams, o espanhol teria, de forma proposital, o atrapalhado durante a disputa pela pole position no Autódromo de Interlagos. A confusão [?]

15:30 | 11/11/2017

Nono colocado no grid de largada para o GP do Brasil de Fórmula 1, o brasileiro Felipe Massa deixou o treino classificatório deste sábado vociferando contra Carlos Sainz, da Renault. Segundo o piloto da Williams, o espanhol teria, de forma proposital, o atrapalhado durante a disputa pela pole position no Autódromo de Interlagos.

A confusão aconteceu no Q3 do treino oficial, quando Massa foi à pista nos minutos finais para tentar uma classificação melhor. Sainz, contudo, teria ficado na frente para evitar uma volta mais rápida do brasileiro, que registrou o tempo de 1min09s841, 0s036 atrás do espanhol, oitavo colocado no grid.

?Atrapalhar por querer é um motivo muito sério. Ele falou que fez isso porque eu o atrapalhei na sexta-feira. Tomara que os comissários façam alguma coisa?, esbravejou Massa, na saída dos boxes.

Massa fez o décimo e último tempo do Q3. Despedindo-se do GP do Brasil, o paulista só vai largar em nono porque o australiano Daniel Ricciardo, que fez a quinta melhor marca, foi punido em dez posições em decorrência de uma troca de motor em sua Red Bull.

?Acabei não encaixando a volta por causa de uma travada de roda. Foi uma pena o que aconteceu no Q3, estava otimista com o carro?, lamentou o piloto de 36 anos, que ainda confia em um bom resultado neste domingo ? a corrida está marcada para começar às 14 horas (de Brasília). ?Temos que largar bem, fazer um bom ritmo. Tudo tem que funcionar bem, vamos tentar ao máximo?, prometeu.

Gazeta Esportiva

TAGS