PUBLICIDADE
Esportes

Harden marca 56 pontos e Rockets vencem Jazz; Carmelo é expulso

A reformulação pela qual passou o elenco do Houston Rockets nesta temporada começa a surtir efeito logo nos primeiros jogos. Com uma campanha de oito vitórias e três derrotas, o time do Texas segue embalado e com James Harden comandando as ações da franquia. Na noite de domingo, a vitória foi sobre o Utah Jazz [?]

09:30 | 06/11/2017

A reformulação pela qual passou o elenco do Houston Rockets nesta temporada começa a surtir efeito logo nos primeiros jogos. Com uma campanha de oito vitórias e três derrotas, o time do Texas segue embalado e com James Harden comandando as ações da franquia. Na noite de domingo, a vitória foi sobre o Utah Jazz por 137 a 110. Outro jogo de destaque acabou sendo a recuperação do San Antonio Spurs. Vindo de uma série de derrotas, o time liderado por Gregg Popovich, que alcançou um grande feito na noite, venceu a equipe do Phoenix Suns por 112 a 95. Quem está decepcionando e teve mais uma noite de derrota foi o Oklahoma City Thunder, que perdeu para o Portland Trail Blazers, em noite marcada pela expulsão de Carmelo Anthony.

A vitória dos Rockets teve nome e sobrenome. James Harden teve uma noite memorável e liderou o triunfo da sua equipe em casa. O camisa 13 foi o responsável por um duplo-duplo de 56 pontos e 13 assistências na vitória do Houston sobre o Utah Jazz, por 137 a 110. Em 35 minutos nos quais ficou em quadra, o que mais chamou atenção foi o aproveitamento do ?Barba?, que aproveitou 19 dos 25 arremessos que tentou.

A terceira vitória consecutiva dos Rockets foi construída também com boas atuações dos coadjuvantes. Eric Gordon marcou 20 pontos e Trevor Ariza contribuiu com mais 14. Outra atuação consistente foi a do brasileiro Nenê, responsável por 13 pontos e mais quatro rebotes.

Do lado rival, o que se viu foi um time bem apagado e com os principais jogadores em noite ruim. O grande exemplo é Rudy Gobert. O pivô francês, que sempre tem uma postura dominante no garrafão, se limitou a apenas cinco rebotes e  13 pontos. Quem saiu como o principal pontuador foi Donovan Mitchell, que saiu do banco de reservas para anotar 17 pontos em 24 minutos que esteve na quadra.

Oklahoma tropeça e atinge campanha negativa 

Quem não teve um começo nada bom de temporada é o badalado time do Oklahoma City Thunder. Na madrugada de domingo para segunda-feira, o time do MVP da última temporada, Russel Westbrook, perdeu para o Portland Trail Blazers por 103 a 99. Apesar do grande jogo protagonizado pelas franquias, a ápice do duelo acabou sendo a expulsão de Carmelo Anthony, contratado para esta temporada.

O camisa sete deixou a partida no terceiro quarto, em lance recheado de polêmica. Depois que o experiente atleta converteu uma bandeja, a arbitragem revisou a jogada e entendeu que Anthony fez o movimento visando dar uma cotovelada em Jusuf Nurkic. A decisão esquentou ainda mais o clima do jogo e deixou o time do Thunder revoltado.

Voltando ao jogo, o ?trio de ferro? de Oklahoma teve bons números, mas não conseguiram superar o armador de Portland, Damian Lillard, que fechou o duelo com um duplo-duplo de 36 pontos e 13 assistências. Pelo lado do ti,e triunfante, ponto alto para CJ McCollum e Jusuf Nurkic, que combinaram para 48 pontos.

Russel Westbrook não tingiu seu costumeiro triplo-duplo e teve 25 pontos, seis rebotes e nove assistências. Pauyl George também ficou nos 25 e Anthony foi responsável por 15 pontos.

Spurs voltam a vencer

Quem parece estar se recuperando das sucessivas derrotas no início da temporada é o San Antonio Spurs. O time do Texas retomou o caminho das vitórias triunfando por 112 a 95 sobre o Phoenix Suns. Mais uma vez, o ponto de destaque da partida foi LaMarcus Aldridge, cestinha do time comandado por Gregg Popovich, que marcou 21 pontos e pegou nove rebotes. Ainda sem Kawhi Leonard e Tony Parker, o atleta com atuação forte no garrafão vem tomando as rédeas do ataque e pontuando mais que nas últimas temporadas.

O jogo teve uma marca especial para o treinador dos Spurs. Popovich chegou a sua vitória de número 1.156, se tornando o sexto comandante com mais triunfos na história da liga.

 

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS