PUBLICIDADE
Esportes

Guilherme vê A2 forte e acredita em dificuldades para a Portuguesa

A Portuguesa está fora da elite do Campeonato Paulista desde 2015, e tenta, em 2018, recuperar espaço na primeira divisão estadual. Para isso, contratou o técnico Guilherme Alves, que levou, recentemente, o Novorizontino da A3 para a série principal, entre 2014 e 2016. Porém, o próprio comandante sabe que não será fácil levar a Lusa [?]

11:30 | 28/11/2017

A Portuguesa está fora da elite do Campeonato Paulista desde 2015, e tenta, em 2018, recuperar espaço na primeira divisão estadual. Para isso, contratou o técnico Guilherme Alves, que levou, recentemente, o Novorizontino da A3 para a série principal, entre 2014 e 2016.

Porém, o próprio comandante sabe que não será fácil levar a Lusa de volta. Conhecedor do futebol do interior paulista, o ex-atacante crê em competição extremamente equilibrada no próximo ano.

?A Série A2, ano que vem, vai ser um mini-Paulistão, um Paulistão sem os grandes. Sendo assim, vai ser mais competitiva. Então, vai ser muito difícil. O Oeste vem de uma Série B (do Brasileiro) muito boa, tem times de tradição, times financeiramente fortes?, opinou.

Para montar um time capaz de lutar pelo acesso, Guilherme dá a receita. ?Como fazer um time competitivo? Conhecendo os jogadores. Tendo um planejamento de como vai jogar, e não abrir mão. Sou um técnico que, quando ganha, acha que está tudo bem, nem quando perde acho que o mundo acabou?, afirmou.

Por fim, Alves deixou uma promessa à exigente torcida da Portuguesa. Além de enfatizar sobre a necessidade de um time com ?dinâmica e intensidade?, o comandante promete muita competitividade de seus atletas.

?Nós temos um planejamento, ele vai ser seguido ano que vem. Uma coisa que posso prometer para a torcida, porque é uma característica dos times por onde passo, é que vai ser uma equipe aguerrida, competitiva durante o campeonato inteiro?, finalizou.

A estreia, no Canindé, acontece no dia 17 de janeiro, diante do Batatais. Pelo regulamento da A2, os 16 clubes se enfrentam em turno único na primeira fase, ao longo de 15 rodadas. Os quatro melhores vão à semifinal, com os dois finalistas atingindo o acesso. Os dois piores da etapa inicial caem para a terceira divisão.

*Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva

TAGS