PUBLICIDADE
Esportes

FIA e F1 farão reunião para discutir segurança após incidentes no Brasil

A Fórmula 1 e a FIA divulgaram, nesta quarta-feira, que farão uma reunião para discutir a segurança fora das pistas após incidentes envolvendo roubos e tentativas de assalto no último final de semana, nos arredores do autódromo de Interlagos, nos dias de disputa do GP do Brasil. Na ocasião, integrantes da equipe Mercedes foram assaltados [?]

14:15 | 15/11/2017

A Fórmula 1 e a FIA divulgaram, nesta quarta-feira, que farão uma reunião para discutir a segurança fora das pistas após incidentes envolvendo roubos e tentativas de assalto no último final de semana, nos arredores do autódromo de Interlagos, nos dias de disputa do GP do Brasil.

Na ocasião, integrantes da equipe Mercedes foram assaltados no momento de saída do autódromo de Interlagos. Além deste episódio, outros casos de tentativa de roubo foram relatados por funcionários da Williams, da Sauber e da Pirelli.

O tema será abordado na próxima reunião do World Motor Sport Council (Conselho Mundial de Esporte a Motor), que está marcada para o dia 6 de dezembro.

Apesar de discutir os incidentes ocorridos em Interlagos, a Fórmula 1 não colocou em risco a continuidade do GP do Brasil no calendário da competição no próximo ano.

Em comunicado, a F1 apenas alertou para a necessidade de se discutirem estratégias para melhorar a segurança em todas as etapas realizadas ao redor do mundo.

?O Conselho irá discutir os caminhos para que um procedimento de segurança mais efetivo e consistente possa ser aplicado em todos os eventos do campeonato mundial de Fórmula 1. As descobertas também serão compartilhadas para outros campeonatos organizados pela FIA, visando ampliar o impacto positivo que isto pode causar em torno do esporte a motor?, informou a nota.

Gazeta Esportiva

TAGS