PUBLICIDADE
Esportes

Felipe Massa aprova mudança de motores na F1 planejada para 2021

Felipe Massa preferiu não se aprofundar sobre as mudanças que os atuais proprietários da Fórmula 1 planejam para os motores dos carros a partir de 2021. De saída da categoria, o piloto brasileiro admitiu não estar por dentro de todas as alterações, mas ainda assim garantiu ser a favor do projeto elaborado pelo Liberty Group, [?]

08:30 | 09/11/2017

Felipe Massa preferiu não se aprofundar sobre as mudanças que os atuais proprietários da Fórmula 1 planejam para os motores dos carros a partir de 2021. De saída da categoria, o piloto brasileiro admitiu não estar por dentro de todas as alterações, mas ainda assim garantiu ser a favor do projeto elaborado pelo Liberty Group, que adquiriu a F1 no ano passado.

Entre as mudanças elaboradas pelos novos donos da Fórmula 1, estão o barateamento no custo de produção dos motores, além do aumento das rotações para 3000rpm, o que fará com que os carros fiquem ainda mais barulhentos e chame mais a atenção do público.

?Não analisei direito. São mudanças. Hoje em dia, principalmente pelo lado dos motores, a tecnologia baterias? a gente tem quase 1000 cavalos de potência. As coisas são tão inovadoras que eu acho que o caminho é tentar fazer uma unidade de motor um pouco mais simples, até para abrir a Fórmula 1 para outras marcas, porque hoje em dia temos apenas três fábricas que fornecem motores na categoria?, disse Felipe Massa.

De fato, o barateamento na produção de motores poderá atrair novas fábricas à Fórmula 1. Marcas como Aston Martin, Audi e Porsche, inclusive, já demonstraram interesse em desenvolver unidades de potência a partir de 2021. Por sua vez, Ferrari, Mercedes e Honda não esconderam a insatisfação com as intenções dos novos proprietários da F1. A escuderia italiana chegou até a ameaçar sua saída da principal categoria do automobilismo mundial.

?Eu sou a favor. Lógico que falar sobre a parte técnica ainda é muito cedo, podem acontecer mudanças em cima disso, mas a ideia da Fórmula 1 é tentar fazer as coisas de uma maneira um pouco mais simples para as pessoas entenderem, até em função do show?, completou Massa.

Gazeta Esportiva

TAGS