PUBLICIDADE
Esportes

Estudo mostra problemas dos clubes para terem gestão eficiente

O programa Gestão de Campeão ? Prêmio de Excelência do Futebol Brasileiro, criado em 2016, com intuito de fomentar práticas para que a modalidade seja melhor administrada no País, fez levantamento, com a parceria da consultoria Ernst & Young, e constatou que o cenário é preocupante. Ao todo, foram seis os tópicos analisados: Gestão e Planejamento, Administração [?]

18:15 | 01/11/2017

O programa Gestão de Campeão ? Prêmio de Excelência do Futebol Brasileiro, criado em 2016, com intuito de fomentar práticas para que a modalidade seja melhor administrada no País, fez levantamento, com a parceria da consultoria Ernst & Young, e constatou que o cenário é preocupante.

Ao todo, foram seis os tópicos analisados: Gestão e Planejamento, Administração e Finanças, Comercial e Marketing, Futebol Profissional, Categorias de Base e Sócio Torcedor. Nestes pilares, são divididos 26 tópicos que carregam 310 itens para a avaliação que elegerá as melhores gestões do futebol brasileiro.

Entre os números que preocupam os analistas, está o fato de que cerca de 80% dos diretores de alguns dos principais clubes do Brasil não acompanham treinos de suas equipes, tanto no profissional quanto nas categorias de base. Além disso, 71% dos times não possuem metas documentadas e nenhum tem planos de ação para objetivos não atingidos.

Outros indicadores também apontam para uma gestão ineficiente, seja no futebol profissional, nas categorias inferiores ou mesmo em questões extra-campo, como potencial de marketing a partir dos sites oficiais das agremiações.

Apesar disso, Fred Fontes, gerente de marketing esportivo da Ambev, empresa que capitaneia este projeto, se mostrou otimista. ?Ainda que o caminho se mostre longo, estamos otimistas com a reação dos clubes. Todos eles estão cientes da importância da prática de uma administração sadia?, analisou.

Nesta etapa do programa, foram estudados os seguintes clubes: Palmeiras, Santos, Ponte Preta, Atlético-GO, Goiás, Juventude, Fortaleza, Ceará, Cruzeiro, Atlético-MG, Vitória, Coritiba, Flamengo e Fluminense.

Gazeta Esportiva

TAGS