PUBLICIDADE
Esportes

Del Potro e Verdasco vencem duelos e avançam no Masters de Paris

Dando sequência ao Masters 1000 de Paris, o argentino Juan Martín Del Potro abriu a quadra central nesta quinta-feira e venceu o holandês Robin Haase por 2 sets a 0, se qualificando como o primeiro classificado às quartas de final do torneio. Logo em seguida, o cabeça de chave número cinco, Dominic Thiem, sofreu muito [?]

11:30 | 02/11/2017

Dando sequência ao Masters 1000 de Paris, o argentino Juan Martín Del Potro abriu a quadra central nesta quinta-feira e venceu o holandês Robin Haase por 2 sets a 0, se qualificando como o primeiro classificado às quartas de final do torneio. Logo em seguida, o cabeça de chave número cinco, Dominic Thiem, sofreu muito com os serviços de Fernando Verdasco e acabou derrotado pelo espanhol também por 2 a 0, em partida com 1h30 de duração .

O primeiro set foi muito disputado e Del Potro venceu a parcial por 7 a 5. O grande diferencial acabou mesmo sendo os breaks, que o argentino converteu todos que teve à disposição, abrindo vantagem. O segundo também não foi vendido barato pelo tenista holandês, mas o número 17 do ranking mundial venceu em seis games, fechando em 6 a 4.

O tenista argentino teve mais uma atuação muito característica. O aproveitamento nos serviços acabou não sendo excepcional e teve pela frente um adversário com o braço calibrado, que lhe trouxe muitas dificuldades. O grande diferencial acabou sendo nos saques. Del Potro não cedeu nenhum ponto nesse quesito ao adversário e mostrou estar bem fisicamente para superar Haase em uma hora e trinta e quatro minutos de partida.

O encontro entre esses dois tenistas foi o terceiro e Del Potro venceu todos. O último triunfo sobre o holandês foi ainda neste anos, pelo Masters 1000 de Miami. Agora, o tenista argentino espera o vencedor da partida entre John Isner e Grigor Dimitrov.

Verdasco desbanca Thiem

No segundo confronto do dia, Fernando Verdasco bateu Dominic Thiem por um duplo 6 a 4. Com atuações muito ruins desde o US Open, o tenista austríaco teve muitas dificuldades e sucumbiu a pressão exercida pelo adversário espanhol. Um número bem enfático acabou sendo o número de faltas. Disputando seu 26° torneio na temporada, Thiem cometeu 32 faltas, que culminaram no revés.

A força no braço, característica do austríaco, não foi vista nesta terça-feira e todas as ações foram amplamente controladas por Verdasco, que teve um tênis muito sólido para vencer. Agora, o espanhol espera o vencedor do confronto entre Lucas Puille e Jack Sock.

Gazeta Esportiva

TAGS