PUBLICIDADE
Esportes

Defesa brilha, Celtics vira sobre Warriors e chega a 14ª vitória seguida

08:30 | 17/11/2017

O primeiro duelo entre Boston Celtics e Golden State Warriors fez jus a grande expectativa que girava em torno do confronto. Com uma atuação defensiva brilhante na reta final, o time liderado por Brad Stevens venceu as estrelas de Steve Kerr por 92 a 88 e engatou a 14ª vitória consecutiva na NBA. Desta vez, o triunfo veio com uma virada excepcional no terceiro quarto, quando o time de Massachusetts parou os destaques individuais do GSW e o jogo coletivo, característica do atual campeão do basquete americano.

No outro duelo da noite, o Houston Rockets manteve o alto nível de atuação e venceu o Phoenix Suns por 142 a 116. O destaque não poderia ter sido outro se não James Harden. O Barba teve um primeiro tempo decisivo e liderou o triunfo, que teve a volta de Chris Paul, fora dos primeiros jogos por conta de uma lesão.

Defesa, defesa…

Se existe uma palavra para resumir o triunfo do Boston Celtics sobre o Golden State Warriors é defesa. Entretanto, ela só apareceu a partir do terceiro quarto, quando o time seguia atrás no placar e via o trio formado por Kevin Durant, Klay Thompson e Stephen Curry dominar as ações defensivas do jogo, juntamente com boas participações do banco de reservas.

O ponto da virada aconteceu na metade do terceiro quarto. Perdendo por 17 pontos, a melhor defesa da liga começou a se sobressair sobre o melhor ataque, que possui médias de quase 120 pontos e não havia passado da centena apenas em um jogo da temporada. A frieza de Boston e a competência do treinador Brad Stevens, candidato a técnico do ano, colocaram o time melhor postado defensivamente e com uma ótima transição ofensiva. Porém, do outro lado a defesa também vinham bem, parando e limitando Kyrie Irving e Al Horford. Foi o momento em que o jovem Jaylen Brown chamou a responsabilidade e liderou o time do Boston rumo a uma virada espetacular.

Com um terceiro quarto excepcional, com momentos em que os Celtics fizeram 19 pontos seguidos, a última parcial começou com o placar em igualdade, 68 a 68. Na hora decisiva, as estrelas dos dois times apareceram, mas a agressividade de Irving para infiltrar e cavar faltas, além da eficiência de Horford no garrafão deram o 14° triunfo consecutivo. A maior sequência invicta da história da franquia é de 19.

Pelo lado dos Warriors, Kevin Durant foi o cestinha com 24 pontos, seguido de Klay Thompson com 13 e Draymond Green com 11. Quem teve uma partida bem abaixo da média foi Curry. O armador ficou de fora do último jogo e voltou para este duelo, mas mostrou não estar em plenas condições físicas.

O maior pontuador de Boston foi mesmo Jaylen Brown, responsável por 22 pontos. O jovem foi seguido por Al Horford, com um duplo-duplo de 18 e 11 rebotes, e por Kyrie, autor de 16 pontos.

Houston encosta na liderança do Oeste

Com a derrota de Golden State, o Houston Rockets fez a missão esperada, venceu o Phoenix Suns por 142 a 116 e superou a campanha do atual campeão na Conferência Oeste. O triunfo veio sem grande dificuldades e com um primeiro tempo excepcional de James Harden. O camisa 13 terminou o jogo com 48 pontos, sendo 33 deles apenas no primeiro tempo.

Quem também voltou a jogar, recuperado de contusão, foi Chris Paul. O armador fechou o jogo com um duplo-duplo de 11 pontos e 10 assistências, tudo isso em 20 minutos que esteve na quadra. Com a vitória, os Rockets chegaram a uma campanha de 12 triunfos e quatro derrotas.

 


Gazeta Esportiva

TAGS