PUBLICIDADE
Esportes

Chape fecha acordo para auxiliar famílias das vítimas de acidente aéreo

A Chapecoense chegou em um acordo com a ABRAVIC (Associação Brasileira da Vítimas do Acidente com a Chapecoense) para auxiliar as famílias das vítimas do acidente aéreo na Colômbia, em novembro de 2016. O acordo consistirá em um auxílio mensal de R$ 28.800 à associação, que utilizará a verba para a execução e promoção de [?]

13:15 | 01/11/2017

A Chapecoense chegou em um acordo com a ABRAVIC (Associação Brasileira da Vítimas do Acidente com a Chapecoense) para auxiliar as famílias das vítimas do acidente aéreo na Colômbia, em novembro de 2016.

O acordo consistirá em um auxílio mensal de R$ 28.800 à associação, que utilizará a verba para a execução e promoção de programas de assistência social aos familiares das vítimas. O contrato firmado é válido até outubro de 2018 e pode ser prorrogado em comum acordo.

?Hoje foi um dia de grande satisfação para a ABRAVIC, pois após um longo período de aproximação, negociação franca e transparente, além da conquista de confiança, de parte a parte, a Chapecoense abraçou nossa causa e aderiu ao Projeto 13° Jogador, contribuindo mensalmente com um valor importante para a manutenção e expansão dos nossos projetos sociais, possibilitando a prestação de assistência social de forma mais efetiva e consistente às famílias das vítimas que mais necessitam de ajuda?, declarou Gabriel de Andrade, presidente da entidade.

Já Plinio David de Nes Filho, o Maninho, presidente do Verdão do Oeste, acredita que a assinatura do acordo é um grande passo em direção à aproximação do clube com os familiares das vítimas e com a associação.

?Essa parceria é muito importante, principalmente pelo seu caráter social e também por sua amplitude. A ABRAVIC já vinha nos atualizando de seus projetos antes mesmo de sua constituição e agora conseguimos concretizar esse importante passo. A constituição das associações também nos ajuda para que todas as ações possam ser coordenadas de uma melhor maneira e para que todo o repasse seja realizado de forma mais clara e fácil?, comentou.

Gazeta Esportiva

TAGS