PUBLICIDADE
Esportes

Apesar de desfalques importantes, Barueri vence Brasília

Nesta terça-feira, apesar de três desfalques de peso, o Barueri recebeu o Brasília pela Superliga feminina de vôlei e venceu por 3 sets a 1, com parciais de 25/19, 21/25, 25/22 e 25/18. Com a vitória, o time de São Paulo sobe uma posição na classificação, e fica na quarta colocação, com 16 pontos e cinco vitórias [?]

18:45 | 21/11/2017

Nesta terça-feira, apesar de três desfalques de peso, o Barueri recebeu o Brasília pela Superliga feminina de vôlei e venceu por 3 sets a 1, com parciais de 25/19, 21/25, 25/22 e 25/18. Com a vitória, o time de São Paulo sobe uma posição na classificação, e fica na quarta colocação, com 16 pontos e cinco vitórias em oito rodadas. O Brasília, por sua vez, chega a sua sexta derrota na competição e fica na 10ª posição.

Na próxima rodada, o Barueri visita o Bauru no próximo sábado, às 15h (de Brasília). O Brasília recebe o Valinhos, ambos os times empatados com a mesma pontuação, na próxima terça-feira, às 20h (de Brasília).

Bicampeã olímpica, Jaqueline ficou apenas na arquibancada nesta rodada para apoiar as companheiras do Barueri. A ponteira sentiu uma leve contratura muscular na coxa direita e foi poupada pelo técnico Zé Roberto. Segundo o treinador, a lesão não preocupa e ela já deve voltar a treinar nesta quarta para voltar à quadra no sábado, contra o Bauru. Naiane e Thaísa seguem lesionadas e como desfalques da equipe.

A melhor em quadra foi Edinara, que foi ainda a maior pontuadora com 25 pontos. Pelo Brasília, a ponteira Malu foi a maior pontuadora, com 21 acertos.

O primeiro set do jogo foi de domínio do Barueri do início ao fim. Com o placar em 11 a 10 para Barueri, o Brasília ainda se mantinha vivo na parcial, mas depois de abrir 4 pontos, a equipe de São Paulo só administrou e fechou a parcial com Fê Isis, fazendo 25 a 19.

No segundo set, um detalhe mudou fez a diferença. Malu melhorou muito seu desempenho e foi essencial para a melhor atuação do Brasília. Além disso, a levantadora Thainã torceu o tornozelo e deu lugar a Vivian. A novata entrou muito bem e conseguiu confundir a marcação do Barueri, que até então estava muito boa. Assim, o time visitante passou a atacar com mais firmeza e abriu 24 a 19. O time da casa ainda salvou 2 set points, mas o tempo de Sérgio Negrão acalmou sua equipe e o Brasília fechou a segunda parcial em 25 a 21, deixando tudo igual no ginásio José Corrêa.

O terceiro set foi o mais equilibrado, sem que nenhuma das equipes conseguisse abrir vantagem considerável. Até 22×22, o Brasília estava ligeiramente melhor no jogo, mas um tempo de Zé Roberto mudou tudo. O Barueri voltou bem e conseguiu três pontos consecutivos para fechar em 25 a 22 e voltar à frente no placar. No quarto set, Edinara brilhou e desequilibrou o jogo, levando o Barueri a fechar a parcial em 25 a 18, decretando a vitória.

Gazeta Esportiva

TAGS