PUBLICIDADE
Esportes

Rogerinho cai para tenista israelense; Thiago Monteiro vacila e é eliminado

Se a última terça-feira foi recheada de notícias boas para o tênis brasileiro, não se pode dizer o mesmo para o dia seguinte. Atual melhor brasileiro no ranking da ATP, Rogerinho acabou não conseguindo seguir adiante no ATP 250 de Moscou ao ser derrotado pelo israelense Dudi Sela por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 [?]

10:30 | 18/10/2017

Se a última terça-feira foi recheada de notícias boas para o tênis brasileiro, não se pode dizer o mesmo para o dia seguinte. Atual melhor brasileiro no ranking da ATP, Rogerinho acabou não conseguindo seguir adiante no ATP 250 de Moscou ao ser derrotado pelo israelense Dudi Sela por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/1. Um pouco mais cedo, Thiago Monteiro acabou desperdiçando sua vantagem e sofreu a virada de Peter Polansky por 2 sets a 1, parciais de  3/6, 7/6 (10-8) e 6/4.

Com um começo de partida com ritmo forte, Rogerinho conseguiu abrir uma ótima vantagem inicial de 4 a 1, com duas quebras de saque sobre o adversário. No entanto, o  brasileiro não conseguiu manter o ritmo e viu seu adversário diminuir a sua vantagem para 5 a 3. No nono game, o atual nº 81 do planeta teve duas oportunidades de fechar o set em seu favor, porém acabou falhando. No game decisivo do set, Rogerinho foi quebrado novamente e acabou saindo em desvantagem no placar.

O segundo set foi bastante diferente. Sem a mesma intensidade demonstrada no início da partida, o brasileiro acabou sofrendo um quebra logo em seu primeiro serviço. Diferentemente de Rogerinho, Sela não teve grandes dificuldades para administrar a vantagem e ainda conseguiu uma nova quebra no sexto game antes de fechar o set em 6/1.

Já Thiago Monteiro teve um início de partida mais complicado. Precisando salvar um break point logo no primeiro game da partida, o brasileiro conseguiu a primeira quebra da partida no sexto game da partida. Com a vantagem, o número 125 do mundo conseguiu mostrar uma segurança para fechar o primeiro set em 6/3.

No entanto, a mesma eficiência não foi mostrada no segundo set. Mesmo conseguindo uma quebra logo no primeiro game da partida, o brasileiro acabou vacilando e viu o polonês levar a partida para o tie-break. Após nove quebras entre os dois tenistas, melhor para Polansky que conseguiu fechar por 7/6 (10-8).

Sem conseguir incomodar no saque adversário, o brasileiro sofreu para fechar os seus serviços no set decisivo. No quinto game Monteiro não conseguiu segurar a pressão do adversário e acabou perdendo o saque. Sem força para reagir, Polansky conseguiu fechar a partida em um 6/4.

Gazeta Esportiva

TAGS