PUBLICIDADE
Esportes

Lorenzo nega jogo de equipe para ajudar Dovizioso na briga pelo título

Tricampeão mundial da MotoGP, Jorge Lorenzo deixou o corporativismo de lado e negou que irá entregar posições para seu companheiro de Ducati, Andrea Dovizioso. Atual segundo colocado do campeonato com 233 pontos, 11 a menos que o líder Marc Márquez, Dovizioso possui ainda três etapas para buscar tirar esta diferença. Apesar de estarem na mesma equipe, Jorge Lorenzo, atual [?]

11:15 | 17/10/2017

Tricampeão mundial da MotoGP, Jorge Lorenzo deixou o corporativismo de lado e negou que irá entregar posições para seu companheiro de Ducati, Andrea Dovizioso. Atual segundo colocado do campeonato com 233 pontos, 11 a menos que o líder Marc Márquez, Dovizioso possui ainda três etapas para buscar tirar esta diferença.

Apesar de estarem na mesma equipe, Jorge Lorenzo, atual sétimo colocado, negou que irá realizar uma entrega de posição caso esteja à frente de Dovizioso, ao menos nas duas próximas corridas. Já na derradeira, que será realizada em Valência, Lorenzo não nega que pode ajudar seu companheiro de equipe.

?Provavelmente não deve ocorrer (troca de posições entre a mesma equipe) pelas duas próximas corridas. Seria diferente em Valência, por ser a última corrida. Mas por enquanto, se eu tiver a chance de ganhar, uma troca de lugares não deve acontecer?, declarou ao Motorsport.

E essa vontade de vencer uma etapa tem uma explicação clara. Contratado pela equipe italiana no começo da temporada, o piloto espanhol ainda não conseguiu uma vitória pela equipe. Mesmo sem vitórias, Lorenzo relembra as grandes oportunidades de vitória em Misano e Motegi.

?Por exemplo, em Misano. Eu tive uma chance real de ganhar, estava liderando com cinco segundos. Mas as condições eram muito delicadas, cometi um pequeno erro e caí. Também em Motegi, acredito que tive uma boa chance de ganhar. Para mim, Motegi foi a maior chance de ganhar. Mas então veio a chuva forte, e não tinha a mesma sensação que nas condições normais. Tive mais dificuldade do que eu esperava?, revelou.

A próxima etapa da MotoGP acontece no próximo domingo, no Phillip Island Grand Prix Circuit, na Austrália. A liderança do campeonato segue com Marc Márquez, que soma 244 pontos, seguido de perto por Andrea Dovizioso com 233.

Gazeta Esportiva

TAGS