PUBLICIDADE
Esportes

Kimi Raikkonen lamenta acidente que resultou em punição

Kimi Raikkonen lamentou o incidente do último treino livre deste sábado que acabou forçando sua punição. Prestes a perder cinco posições no grid de largada deste domingo, o piloto finlandês crê que o seu acidente na prática matutina fez com que ele não pudesse brigar pelas primeiras posições na sessão classificatória. Pelos danos causados na [?]

06:45 | 07/10/2017

Kimi Raikkonen lamentou o incidente do último treino livre deste sábado que acabou forçando sua punição. Prestes a perder cinco posições no grid de largada deste domingo, o piloto finlandês crê que o seu acidente na prática matutina fez com que ele não pudesse brigar pelas primeiras posições na sessão classificatória.

Pelos danos causados na parte esquerda do carro de Raikkonen por conta do acidente, a Ferrari teve realizar a troca de câmbio. Com isso, a escuderia italiana excedeu o limite de alterações impostos pela Fórmula 1, e o finlandês, que registrou o sexto melhor tempo no treino classificatório, terá de largar um pouco mais atrás.

?Foi um erro e paguei caro por isso com a punição e a preparação longe do ideal para o treino classificatório. A primeira volta foi longe do ideal. Na segunda, não sabia quanta aderência eu teria, porque não tive uma boa sensação na corrida inicial. O maior problema foi eu ter dado poucas voltas na primeira sessão por conta do acidente. Em um lugar como esse, onde você precisa fazer tudo certo para ser rápido no primeiro setor, você paga um preço caro?, disse Raikkonen.

Com a punição pela troca de câmbio, Raikkonen deverá largar na décima colocação apesar de ter feito o sexto melhor tempo no treino classificatório. Ainda assim, o piloto finlandês pregou confiança no potencial de sua Ferrari e acredita em um bom resultado da escuderia italiana em Suzuka, neste domingo.

?É um pouco complicado por causa do que aconteceu nesta manhã, não é o melhor sentimento no fim do treino classificatório. Antes de cometermos o erro, foi bom. Penso que a corrida será ok. Temos um bom carro e vamos dar o nosso melhor para ver como iremos terminar. Não será fácil, mas tenho certeza que faremos uma corrida decente?, finalizou Raikkonen.

Gazeta Esportiva

TAGS