PUBLICIDADE
Esportes

Hamilton pode conquistar o tetracampeonato no GP do México

O Grande Prêmio do México deste domingo pode ser palco de um feito histórico na principal categoria do automobilismo mundial. O Autódromo Hermanos Rodríguez receberá a décima oitava etapa da temporada 2017 da Fórmula 1, e com duas provas de antecedência, o britânico Lewis Hamilton pode conquistar o título. Caso confirme o tetra, Hamilton será [?]

19:30 | 28/10/2017

O Grande Prêmio do México deste domingo pode ser palco de um feito histórico na principal categoria do automobilismo mundial. O Autódromo Hermanos Rodríguez receberá a décima oitava etapa da temporada 2017 da Fórmula 1, e com duas provas de antecedência, o britânico Lewis Hamilton pode conquistar o título.

Caso confirme o tetra, Hamilton será o quinto piloto da história a alcançar quatro conquistas na carreira ? os outros foram Michael Schumacher, Juan Mauel Fangio, Alain Prost e Sebastian Vettel.

Lewis chega ao México com 66 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o alemão Sebastian Vettel, com três corridas e 75 pontos em jogo até o final do Campeonato. Com isso, a conta é simples: completando a prova até a quinta colocação, o piloto da Mercedes será o campeão qualquer que seja a posição do rival. Se o alemão for segundo, bastará um nono lugar para Hamilton levantar a taça.

Com a regularidade de Hamilton em 2017 ? completou todas as 17 etapas e somente uma vez, no GP de Mônaco, terminou a prova fora do top 5 -, só uma situação atípica adiará a decisão do título para o GP do Brasil, em Interlagos, no próximo dia 12 de novembro.

Embora as circunstâncias o apontem como franco favorito, Hamilton não se deixa levar pela empolgação, e encara a corrida deste domingo com o mesmo foco e determinação habituais.

?Para ser honesto, eu realmente não pensei muito nisso [conquista do título]. Eu tenho apenas aproveitado o momento desde a última corrida. Eu me senti muito bem após vencer em Austin, e agora estou focado em repetir o feito?, declarou.

O tetracampeonato da F1 é inédito para o automobilismo britânico, mas nem isso deixa Hamilton mais pressionado ou pensando em correr com o regulamento debaixo do braço.

?Eu quero vencer da maneira certa. Eu pensei nisso sim, mas para falar a verdade, não tenho vontade de terminar em quinto para vencer o Campeonato. Eu quero mostrar do que sou capaz em todas as corridas. Então meu sonho é subir ao lugar mais alto do pódio no domingo e conquistar o título. Isto seria um momento para se orgulhar?, afirmou.

Se por um lado Hamilton está muito próximo de conquistar o título, o único homem capaz de lhe roubar esta honra ainda não jogou a toalha. Sebastian Vettel promete não desistir enquanto houver chances matemáticas. ?Nós vamos começar de novo aqui no México e nunca desistiremos enquanto tivermos chance. Nesse jogo você nunca sabe o que pode acontecer?, disse o alemão.

Embora possua uma longa reta, o circuito mexicano tem dois setores muito técnicos, e que devem favorecer os carros da Ferrari e da Red Bull. Além disso, por estar situado a dois mil metros de altitude, o ar rarefeito obriga as equipes a encararem a pista como um circuito de alta pressão aerodinâmica, característica que não foi favorável à Mercedes em 2017.

?Este é um circuito atípico, onde os carros usam o máximo de pressão aerodinâmica por causa da altitude. Por isso, esperamos uma disputa apertada com Ferrari e Red Bull?, disse o chefe da equipe alemã, Toto Wolf.

Com previsão de tempo seco e temperatura amena, o Grande Prêmio do México tem largada marcada para as 17 horas da tarde deste domingo, de acordo com o horário de Brasília de verão.

Gazeta Esportiva

TAGS