PUBLICIDADE
Esportes

Galo já planeja 2018 e duas peças da zaga não estão no pacote

O risco de rebaixamento é bem pequeno para o Atlético. A equipe de Oswaldo Oliveira tem 42 pontos, precisando fazer poucos tentos para se livrar matematicamente da queda para a segundona. Diante disso, as movimentações para a próxima temporada já iniciaram e duas peças da zaga não estão no papel para seguirem. Os zagueiros Erazo [?]

07:15 | 31/10/2017

O risco de rebaixamento é bem pequeno para o Atlético. A equipe de Oswaldo Oliveira tem 42 pontos, precisando fazer poucos tentos para se livrar matematicamente da queda para a segundona. Diante disso, as movimentações para a próxima temporada já iniciaram e duas peças da zaga não estão no papel para seguirem.

Os zagueiros Erazo e Felipe Santana não fazem parte do sonho atleticano para 2018. A Gazeta Esportiva apurou que ambos não estão no planejamento do Galo para o próximo ano.

O equatoriano Erazo é o caso mais simples. O jogador fica sem contrato e não terá renovação. O defensor passou por uma série de problemas no Galo nos últimos tempos, como contusões seguidas e complicações na vida extracampo. Para o clube, carta fora do baralho.

Já Felipe Santana não agrada. Ele chegou em Belo Horizonte no inicio da temporada, assinou contrato de dois anos com o Galo, mas não conseguiu mostrar o futebol que o fez ser jogador do Borussia Dortmund, da Alemanha, com direito a disputar partida decisiva da Liga dos Campeões. Santana conta com desconfiança da maior parte da torcida e alguns lances pesam negativamente contra ele.

Procurado pela reportagem, o Atlético não confirmou a situação e disse que as decisões ainda estão restritas ao novo presidente, com eleições agendadas para dezembro. Isso, porém, está bem adiantado.

Embora a votação ainda não tenha ocorrido, o candidato da situação, Sérgio Sette Câmara, é o favorito para assumir o clube, já que Fred Couto desistiu da sua candidatura restando somente Fabiano Ferreira.

A situação conta com o apoio do prefeito de Belo Horizonte e ex-presidente do Galo, Alexandre Kalil ? que ainda tem voz forte dentro do clube ? e do atual mandatário Daniel Nepomuceno. Com o quadro bem adiantado, com expectativa de conversas nos bastidores para ser eleito por aclamação, o planejamento corre conforme o necessário.

Gazeta Esportiva

TAGS