PUBLICIDADE
Esportes

Eduardo Baptista define derrota como ?prejuízo grande? e já pensa no Corinthians

Após a derrota em casa para o Avaí, no último domingo, por 2 a 1, a situação da Ponte Preta complicou ainda mais no Campeonato Brasileiro. Com 32 pontos, a Macaca aparece na zona do rebaixamente e enfrenta o líder Corinthians na próxima rodada. O técnico Eduardo Baptista avaliou o desempenho da equipe contra o [?]

15:15 | 23/10/2017

Após a derrota em casa para o Avaí, no último domingo, por 2 a 1, a situação da Ponte Preta complicou ainda mais no Campeonato Brasileiro. Com 32 pontos, a Macaca aparece na zona do rebaixamente e enfrenta o líder Corinthians na próxima rodada. O técnico Eduardo Baptista avaliou o desempenho da equipe contra o Avaí como aquém das expectativas.

?Foi um prejuízo grande. Essa derrota não estava na nossa conta. Trabalhamos, respeitamos o Avaí, mas nossa equipe tinha que ter conseguido a vitória. O Avaí em duas oportunidades fez os gols, e nós não tivemos competência para empatar?, avaliou.

O técnico comentou também sobre as opções disponíveis no elenco e explicou as mudanças na escalação da Ponte contra o Avaí, em relação ao jogo do Palmeiras: ?O Bob é o melhor homem como volante central, o Wendel retornava de lesão, era titular, e o Jadson comigo sempre foi titular. São jogadores que temos com qualidade de passe, com chegada boa ao ataque e assim nós desenhamos. Estamos sem um meia-armador e a bola tinha que sair com qualidade de trás: o Yago, entre os nossos zagueiros, tem a melhor características e precisávamos fazer essa bola sair de trás. Tivemos dificuldade contra o Palmeiras e o Yago se apresentou bem nos treinamentos. Contra o Avaí era um jogo em que precisávamos ter a bola, jogar e as características foram em cima dela?

Apesar do prejuízo contra o Avaí e da situação complicada, o comandante ainda acredita em um bom final de campeonato e já pensa no confronto diante do Timão: ?É seguir com o trabalho, tem muito jogo pela frente e a situação é difícil, mas de imediato é preciso avaliar quem está melhor para enfrentar o Corinthians. Estamos buscando o melhor encaixe e dando oportunidades. Queria eu ter tempo para fazer as mudanças progressivamente. Não temos isso. Temos que trabalhar para achar o melhor encaixe. É hora de achar soluções e eu vim aqui para isso?, completou.

Gazeta Esportiva

TAGS