PUBLICIDADE
Esportes

Chefe da Red Bull condena decisão de punir Verstappen

Christian Horner ficou furioso com a decisão dos juízes de punirem Max Verstappen por conta da ultrapassagem sobre Kimi Raikkonen nos últimos metros da pista, neste domingo, no GP dos EUA. Para o chefe da Red Bull, a decisão foi demasiadamente rigorosa tendo em vista o padrão de julgamento apresentado durante todo o fim de [?]

18:45 | 22/10/2017

Christian Horner ficou furioso com a decisão dos juízes de punirem Max Verstappen por conta da ultrapassagem sobre Kimi Raikkonen nos últimos metros da pista, neste domingo, no GP dos EUA. Para o chefe da Red Bull, a decisão foi demasiadamente rigorosa tendo em vista o padrão de julgamento apresentado durante todo o fim de semana.

Após perder a vice-líderança da corrida para seu companheiro de equipe Sebastian Vettel, Kimi Raikkonen teve de segurar o ímpeto de Verstappen nas últimas voltas. Mais rápido, o holandês da Red Bull, como de costume, foi para cima do finlandês na intenção de, ao menos, se garantir no pódio após largar em 16º lugar, e ao fazer a ultrapassagem, acabou saindo da pista, o suficiente para os juízes enxergarem uma irregularidade.

?Houve carros indo para fora da pista o dia todo hoje e nenhuma ação aconteceu. Então, eu acho que seria inacreditavelmente rigoroso dar uma punição a Verstappen. Está errado. Iremos analisar as imagens, mas para mim, foi uma corrida justa e difícil. Penso que é um mal julgamento feito pelos juízes. Ele fez da maneira difícil. Vimos carros saindo da pista o dia todo hoje, durante o fim de semana inteiro, então penalizá-lo neste estágio não é certo?, afirmou Horner.

Jos Verstappen, pai de Max e ex-piloto de Fórmula 1, não esteve no box da Red Bull acompanhando seu filho neste domingo, porém, mesmo de longe resolveu demonstrar sua insatisfação com a decisão dos organizadores da prova em tirar o holandês do pódio.

?Isso é uma injustiça. Desculpem, mas isso é uma m****. Que vergonha de você, FIA [Federação Internacional de Automobilismo]?, escreveu o pai do promissor piloto em suas redes sociais.

Gazeta Esportiva

TAGS