PUBLICIDADE
Esportes

Beneficiado com pódio, Raikkonen não entende punição a Verstappen

Nem mesmo Kimi Raikkonen, que foi favorecido pela penalização dada a Max Verstappen, crê que o holandês tenha dado motivos para ser punido. Vítima da ultrapassagem do holandês, o piloto da Ferrari admitiu ter sido surpreendido com a decisão dos organizadores da prova em tirar o terceiro lugar do jovem piloto. ?Não tenho ideia do [?]

19:15 | 22/10/2017

Nem mesmo Kimi Raikkonen, que foi favorecido pela penalização dada a Max Verstappen, crê que o holandês tenha dado motivos para ser punido. Vítima da ultrapassagem do holandês, o piloto da Ferrari admitiu ter sido surpreendido com a decisão dos organizadores da prova em tirar o terceiro lugar do jovem piloto.

?Não tenho ideia do que aconteceu com Verstappen ou por que ele recebeu a penalização. Não tinha ideia do que havia acontecido com ele além de ele ter me ultrapassado na penúltima curva da corrida?, disse Raikkonen.

Na ocasião, Verstappen optou por tentar a ultrapassagem pelo lado de fora da curva, no entanto, acabou saindo da pista antes de voltar ao asfalto na frente do piloto da Ferrari. Foi aí que os organizadores da prova julgaram que o holandês utilizou um ?atalho? para assumir o terceiro lugar.

?Obviamente eu estava desapontado logo após a corrida quando pensei que havia terminado em quarto, mas houve problemas com Max. Tive que ir ao pódio, mas não vi nada, não sei para onde ele foi?, prosseguiu.

Até então Kimi Raikkonen havia conquistado quatro pódios nesta temporada. Muito próximo do quinto, o finlandês acabou vacilando nos instantes finais do GP dos EUA, permitindo Verstappen, mais rápido, a ultrapassá-lo. Questionado sobre o episódio, o piloto da Ferrari tentou explicar.

?Foi um pouco surpresa. O vi no meu retrovisor, tentei desacelerar antes da curva e pensei que tinha coberto a curva o suficiente, mas de repente ele estava ali. O vi no meu retrovisor e fui surpreendido, fiquei zangado ao ter sido ultrapassado?, admitiu.

Gazeta Esportiva

TAGS