PUBLICIDADE
Esportes

Após nova vitória, Hamilton comenta vantagem sobre Vettel: ?Inacreditável?

Lewis Hamilton admitiu após a vitória deste domingo que jamais poderia imaginar deter uma vantagem tão grande sobre o segundo colocado do campeonato restando quatro corridas para o fim da temporada. Comemorando bastante o triunfo em Suzuka, o piloto da Mercedes abriu 59 pontos de frente para Sebastian Vettel e pode, inclusive, se sagrar tetracampeão [?]

05:30 | 08/10/2017

Lewis Hamilton admitiu após a vitória deste domingo que jamais poderia imaginar deter uma vantagem tão grande sobre o segundo colocado do campeonato restando quatro corridas para o fim da temporada. Comemorando bastante o triunfo em Suzuka, o piloto da Mercedes abriu 59 pontos de frente para Sebastian Vettel e pode, inclusive, se sagrar tetracampeão mundial já na próxima etapa, em Austin, nos EUA.

?É meio inacreditável pensar que estamos onde estamos. Estava animado para ter uma boa corrida com Seb [Vettel] aqui, como estava na última corrida, mas obviamente ele teve um azar incrível. No mundo de hoje, na Fórmula 1, tudo depende muito da consistência do carro, de todo o desempenho, não apenas da velocidade na pista. A equipe tem mostrado por muitos anos que temos uma plataforma sólida?, afirmou o atual campeão mundial.

Restando 100 pontos em disputa, Hamilton pode se sagrar tetracampeão mundial em Austin, no Texas, caso vença o Grande Prêmio dos EUA e Sebastian Vettel encerre a corrida abaixo da sexta colocação. Depois de vencer quatro das cinco corridas realizadas após a pausa de verão, o piloto britânico, no entanto, preferiu não adotar um discurso tão confiante, mas novamente teceu grandes elogios à Mercedes.

?Honestamente, era um sonho ter esse tipo de vantagem. A Ferrari nos desafiou bastante durante todo o ano. Minha equipe fez um trabalho fenomenal, a consistência do carro está no ponto. Eles são muito meticulosos e é por isso que temos esse tipo de resultado e consistência?, prosseguiu Hamilton.

?Nós somos líderes nessa área, então agradeço a todos da fábrica por me fornecer um carro em que posso usar minhas habilidades. Ainda há um longo caminho para se percorrer, 100 pontos, qualquer coisa pode acontecer na vida, mas tomara que eu possa continuar assim?, completou o piloto da Mercedes.

 

Gazeta Esportiva

TAGS