PUBLICIDADE
Esportes

Wolff não quer que vitória inesperada atrapalhe atuação na Malásia

O Grande Prêmio de Cingapura ainda segue dando o que falar na Fórmula 1. Em Marina Bay, a Ferrari chegou como grande favorita e buscava recuperar a liderança do campeonato, enquanto a Mercedes lutava para tentar fazer frente à escuderia italiana. Contudo, após o acidente envolvendo Sebastian Vettel, Kimi Raikkonen e Max Verstappen na primeira [?]

18:30 | 25/09/2017

O Grande Prêmio de Cingapura ainda segue dando o que falar na Fórmula 1. Em Marina Bay, a Ferrari chegou como grande favorita e buscava recuperar a liderança do campeonato, enquanto a Mercedes lutava para tentar fazer frente à escuderia italiana. Contudo, após o acidente envolvendo Sebastian Vettel, Kimi Raikkonen e Max Verstappen na primeira volta, o caminho ficou livre para Lewis Hamilton vencer e aumentar a vantagem na ponta.

No próximo domingo, os carros voltam à pista para o GP da Malásia, e o chefe da Mercedes, Toto Wolff, espera que a vitória inesperada na última corrida não atrapalhe o desempenho em Sepang.

?O resultado em Cingapura foi uma surpresa para todos nós, e o perigo de um resultado como esse é julgar mal seu próprio nível de desempenho. A última corrida foi um forte lembrete de que o esporte sempre tem o poder de surpreender e desafiar todas as previsões?, declarou o chefe da equipe alemã.

Atualmente, a Mercedes liderança o Mundial de Construtores e o de Pilotos, já que Hamilton aparece na primeira colocação. Para manter a ponta nas duas disputas até o final da temporada, Wolff quer a escuderia focada nas seis corridas que faltam para o final do campeonato.

?A vitória em Cingapura não muda nada na forma como chegaremos para essas últimas seis corridas, começando pela Malásia. Teremos que estar no nosso melhor em cada pista se quisermos manter nossa liderança em ambos os campeonatos até o final da temporada. Nosso objetivo é ter uma performance vencedora em Sepang?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS