PUBLICIDADE
Esportes

Vettel admite superioridade da Mercedes e minimiza perda da ponta

Neste domingo foi realizado o Grande Prêmio da Itália, que marcou uma importante mudança no campeonato. Pela primeira vez no ano, Sebastian Vettel, da Ferrari, perdeu a liderança entre os pilotos, e viu Lewis Hamilton, que garantiu a dobradinha da Mercedes ao lado de Valtteri Bottas em Monza, assumir a ponta. Por isso, o tetracampeão [?]

13:45 | 03/09/2017

Neste domingo foi realizado o Grande Prêmio da Itália, que marcou uma importante mudança no campeonato. Pela primeira vez no ano, Sebastian Vettel, da Ferrari, perdeu a liderança entre os pilotos, e viu Lewis Hamilton, que garantiu a dobradinha da Mercedes ao lado de Valtteri Bottas em Monza, assumir a ponta. Por isso, o tetracampeão destacou o momento bom do time rival, mas não acha que tudo está perdido.

?A Mercedes ainda é muito forte e está um pouco à frente no momento, mas não é o final da temporada. Se você não tem 100% de confiança, pode perder um pouco de tempo com bastante facilidade. Não estou estressado e nem com ansiedade para a próxima corrida. Claro que é melhor estar na liderança, mas o mais importante é liderar após a última corrida. O resto, ninguém se lembra?, declarou Vettel.

Com o resultado na Itália, Hamilton lidera o campeonato com 238 pontos, apenas três a mais do que Vettel, que ficou em terceiro em Monza. Mesmo estando em segundo no Mundial, o alemão destacou a importância do pódio neste domingo e acredita que a Ferrari seguirá forte na disputa.

?Claramente eles foram mais rápido do que nós. Mas, apesar disso, embora eu não esteja feliz, acho que podemos aceitar o resultado. Fizemos o que pudemos, e o pódio compensa tudo neste fim de semana. Sei que o time ainda tem muito para dar. Temos algumas respostas, mas nem sempre é fácil transformá-las em soluções?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS