PUBLICIDADE
Esportes

Surpresas desbancam favoritos e ATP conhece dois campeões inéditos

  Em meio as decisões na Laver Cup, dois tenistas surpreenderam os seus rivais e ganharam pela primeira um torneio de nível ATP. O bósnio Damir Dzumhur venceu de virada o italiano Fábio Fognini por 2 sets a 1, parciais 3/6,6/4 e 6/2 e conquistou o torneio de São Petersburgo, enquanto que o alemão Peter [?]

15:45 | 24/09/2017

 

Em meio as decisões na Laver Cup, dois tenistas surpreenderam os seus rivais e ganharam pela primeira um torneio de nível ATP. O bósnio Damir Dzumhur venceu de virada o italiano Fábio Fognini por 2 sets a 1, parciais 3/6,6/4 e 6/2 e conquistou o torneio de São Petersburgo, enquanto que o alemão Peter Gojowczyk ganhou por sets diretos o francês Benoit Paire, parciais de 7/5 e 6/2 e foi o vencedor do torneio de Metz.

As duas partidas não tinham como favoritos os dois campeões. Dzumhur teria pela frente o experiente Fognini, que além de já ter sido número 13 do ranking, o italiano tem cinco títulos na carreira e bons resultados em torneio de Grand Slam e Master 1000. Já Gojowczyk enfrentou Paire, que é atualmente número 41 do ranking e já venceu Kei Nishikori no Aberto dos Estados Unidos.

As conquistas chamam a atenção pelo o histórico dos dois tenistas. Dzumhur se profissionalizou no circuito em 2011 e vem tendo nesta temporada seus resultados mais expressivos. Além do título em São Petersburgo, o bósnio teve seu melhor ranking no início deste mês, quando começou a semana em 55°. Agora, o atleta subirá 16 posições e será Top 40 pela primeira vez.

Já Gojowczyk entrou no torneio de Metz como qualify já que começou a semana apenas como número 95° do ranking ATP. Além disso, o alemão só tinha atuado em apenas 12 partidas em nível ATP no ano, e agora subirá 30 posições e começará semana que vem como 65° do ranking mundial.

Na próxima semana acontecerão os ATP 250 de Chengdu e Shenzhen, e até o fim do calendário acontecerão os Master1000  de Shangai e Paris.

Gazeta Esportiva

TAGS