PUBLICIDADE
Esportes

McLaren deve definir motor nos próximos dias

Uma das questões que podem ter estremecido a relação do piloto Fernando Alonso com a Fórmula 1 foi o fato de sua equipe não usar os motores que o espanhol deseja. Atualmente, parceira da Honda, a McLarem está cada vez mais sob pressão para desfazer este laço entre as marcas. Quem deve se beneficiar com [?]

11:45 | 04/09/2017

Uma das questões que podem ter estremecido a relação do piloto Fernando Alonso com a Fórmula 1 foi o fato de sua equipe não usar os motores que o espanhol deseja. Atualmente, parceira da Honda, a McLarem está cada vez mais sob pressão para desfazer este laço entre as marcas.

Quem deve se beneficiar com esta história é a Renault, que pode romper com a Toro Rosso, caso a Honda entre na jogada. Diante disso, a Toro Rosso esperava a decisão da Honda para fechar um acordo para o final de semana do GP da Itália em 2018, mas nada foi definido ainda.

Em contato com o portal Motorsport.com, o diretor executivo da McLaren, EZak Brown disse que ainda não há nada pronto, mas ressaltou que está confiante com a situação: ?Há alguns cenários diferentes. Esse (parceria entre Honda e Toro Rosso) é o cenário que todos esperam ouvir, mas não é o único?.

Além disso, admitiu que crê que o final desta história será positivo e destacou a importância do envolvimento da Toro Rosso. ?Sim, cenário ideal, é que todos sorriem no final. Eu acho que é possível?, explicou. ?A Toro Rosso precisa agir?, ressaltou.

 

Gazeta Esportiva

TAGS