PUBLICIDADE
Esportes

Martine e Kahena levam prata no Mundial de Vela; Scheidt e Borges ficam em 40º

Neste sábado, na cidade do Porto, em Portugal, as brasileiras campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram a segunda colocação no Campeonato Mundial de Vela classe 49erFX. Foram cinco regatas disputadas: duas pela fase de classificação e três na série da medalha. As brasileiras mostraram regularidade, ficando sempre no top 5. Com 39 pontos perdidos, [?]

18:45 | 02/09/2017

Neste sábado, na cidade do Porto, em Portugal, as brasileiras campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram a segunda colocação no Campeonato Mundial de Vela classe 49erFX. Foram cinco regatas disputadas: duas pela fase de classificação e três na série da medalha. As brasileiras mostraram regularidade, ficando sempre no top 5.

Com 39 pontos perdidos, a dupla acabou sendo superada pelas dinamarquesas Jena Mai Hansen e Katja Salskov-Iverse que levaram o título. Completaram o pódio as atletas da Nova Zelândia Alex Maloney e Molly Meech, prata nos Jogos Olímpicos do Rio.

Martine e Kahena já venceram três etapas de Copas do Mundo neste ano e haviam sido campeãs mundiais na 49er FX em 2014 e prata em 2015. Essa foi a primeira vez que elas não não ficaram com o título em uma competição internacional desde o ouro olímpico em 2016.

No masculino, Robert Scheidt, que disputou um Mundial classe 49er pela primeira vez, terminou na 40ª colocação ao lado de Gabriel Borges. Neste sábado, a dupla brasileira participou das últimas quatro regatas e teve problemas desde o início. Sofrendo com quebras no barco, eles acabaram tendo que abandonar a última regata e, com isso, caíram da 36ª para a 40ª posição.

?É um pouco frustrante terminar assim, com uma quebra no barco. Acabamos perdendo muitos pontos, o que foi uma pena, porque dava para ter melhorado bastante e, no fim, caímos quatro posições. Mas, no geral, foi uma boa competição. Tiramos muitas conclusões. Melhoramos alguns aspectos e sabemos o que trabalhar daqui para frente a fim de melhorar nosso nível?, disse Scheidt.

A vitória ficou com os britânicos Dylan Fletcher-Scott e Stuart Bithell, com 19 pontos perdidos. Entre os demais brasileiros, Carlos Robles/Marco Grael e Dante Bianchi/Thomas Low-Beer aparecem em 20º e 36º lugares, respectivamente.

Gazeta Esportiva

TAGS