PUBLICIDADE
Esportes

Mano fala de bom resultado no Rio, mas vê decisão aberta

O Cruzeiro arrancou um empate, 1 a 1, na noite dessa quinta-feira, no Maracanã, no duelo válido pela ida da final da Copa do Brasil. A igualdade, conquistada no fim do jogo, após sair perdendo e jogando fora de casa deixa ao treinador cruzeirense, Mano Menezes, a possibilidade de salientar que foi um bom resultado [?]

11:00 | 08/09/2017

O Cruzeiro arrancou um empate, 1 a 1, na noite dessa quinta-feira, no Maracanã, no duelo válido pela ida da final da Copa do Brasil. A igualdade, conquistada no fim do jogo, após sair perdendo e jogando fora de casa deixa ao treinador cruzeirense, Mano Menezes, a possibilidade de salientar que foi um bom resultado longe de Belo Horizonte, apesar de não ter sido um bom jogo feito pela Raposa, de acordo com o próprio técnico.

â??Um bom resultado. Ã?timo seria a vitória. Mas penso que não merecemos vencer. Foi um jogo difícil mesmo, era de se esperar que fosse dessa forma. O Flamengo conseguiu controlar bem o jogo tomando a iniciativa e criando dificuldade pra gente. Até começamos bem, mas depois da metade do primeiro tempo até o final não conseguimos segurar a bola lá na frente. Você passa a ser atacado com frequência, erramos muito na saída de bola, algumas questões são normais, em outras estivemos um pouco abaixo. Mas acredito que dentro da normalidade para esse primeiro jogoâ?, observou o treinador azul.

Mano analisou a partida de sua equipe e acredita que um pouco de força física no fim daria ao Cruzeiro a oportunidade de virar a partida e ter um melhor resultado no Rio de Janeiro.

â??Saímos atrás, tivemos força para buscar o empate, se tivéssemos um pouquinho de força física no final, com Robinho, acho que poderíamos virar o jogo pelas duas chances que tivemos num contra-ataque aberto, mas Robinho já não tinha mais condições. Mas penso que é normal. Vamos sair com bom resultado e levar a decisão para nossa casa. Era o mínimo que íamos buscar aqui. Saímos satisfeitos com o empate e agora trocamos as cores do estádio e das arquibancadas. Fez muita diferença hoje e certamente fará a diferença no Mineirão no dia 27â?³, concluiu.

A grande decisão será no dia 27 de setembro, no Mineirão, numa quarta-feira. As equipes terão um tempo considerável de trabalhos até a partida, lembrando que não há gol qualificado na final e um novo empate leva a partida para os pênaltis e quem vencer, seja por qual placar for, fica com a taça.

Mano vê a decisão aberta. â??Certamente teremos que tomar mais iniciativa jogando na nossa casa. Não temos uma decisão decidida, temos uma decisão aberta. Empatamos fora e precisamos vencer em casa para conseguir o título. Essa questão não é uma decisão unilateral minha. Gosto de sofrer menos. O adversário teve a competência de fazer bem feito. E isso tudo tem a ver com o ambiente favorável. Um dos grandes jogadores do Flamengo é o Maracanã lotado. Sempre foi difícil jogar aqui e fazer o resultado também por isso. Essa parte muda bastante para o jogo de volta. Não vamos sair daqui pensando que é só colocar em campo e fazer do jeito que a gente quer. O Flamengo terá suas estratégias e a decisão está em aberto. Vamos conscientes para casa sabendo que precisamos fazer um jogo melhor e temos condições de fazerâ?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS