PUBLICIDADE
Esportes

Lewis Hamilton posta foto com Neymar: ?Meu irmão de outra mãe?

O fim de semana foi movimentado para dois dos maiores nomes do esporte atualmente. O brasileiro Neymar foi pivô de uma polêmica envolvendo o companheiro Cavani no Paris Saint-Germain, em jogo do Campeonato Francês. Enquanto Lewis Hamilton sagrou-se vencedor do GP de Cingapura, na Fórmula 1. Nesta segunda-feira, os dois esportistas se encontraram e registraram [?]

21:15 | 18/09/2017

O fim de semana foi movimentado para dois dos maiores nomes do esporte atualmente. O brasileiro Neymar foi pivô de uma polêmica envolvendo o companheiro Cavani no Paris Saint-Germain, em jogo do Campeonato Francês. Enquanto Lewis Hamilton sagrou-se vencedor do GP de Cingapura, na Fórmula 1. Nesta segunda-feira, os dois esportistas se encontraram e registraram o momento nas redes sociais.

De folga em Londres, na Inglaterra, Neymar aproveitou para se encontrar com o colega Lewis Hamilton. O brasileiro publicou foto em sua rede social oficial ao lado de Hamilton e da modelo húngara Barbara Palvin. â??Amigos doidosâ?, escreveu Neymar na legenda de sua foto. Em pouco mais de uma hora, o registro já contava com mais de 539 mil curtidas.

Crazy Friends ð?¤?ð?½

Uma publicação compartilhada por Nj ð??§ð??· ð??» neymarjr (@neymarjr) em

Já Lewis Hamilton deixou claro que a amizade com Neymar é forte. O piloto da Mercedes postou foto ao lado de Neymar e escreveu: â??Meu irmão de outra mãeâ?.

No último final de semana, o atacante brasileiro se envolveu em confusão com Cavani, seu companheiro de ataque no PSG. Durante partida do Campeonato Francês, contra o Lyon, o uruguaio discutiu com Neymar sobre quem deveria bater uma penalidade máxima. Cavani foi o encarregado e acabou parando na defesa do goleiro adversário. O PSG venceu o Lyon por 2 a 0.

Já Lewis Hamilton teve mais motivos para comemorar neste fim de semana. Atual líder do Mundial de Pilotos da Fórmula 1, o britânico largou em quinto lugar e viu Sebastian Vettel, seu concorrente direto pelo título da categoria, bater em Kimi Raikkonen, companheiro de Ferrari, e em Max Verstappen, da Red Bull, ainda na primeira curva. Com o acidente, Hamilton teve caminho livre para garantir a liderança e vencer o GP de Cingapura, ampliando sua vantagem no Mundial.

Gazeta Esportiva

TAGS